Em Destaque Saúde

Otites e infeções das crianças em tempo de praia podem ser prevenidas

Em época balnear, a proteção auditiva tem um papel central, sobretudo nos mais novos
Versão para impressão

Com a chegada do verão e das férias, as idas à praia são uma realidade para a maioria das crianças e com essa realidade, chega também a necessidade dos adultos tomarem medidas para garantir a proteção auditiva dos mais novos e, assim, prevenir otites e infeções.

Dulce Martins Paiva, diretora-geral da GAES – Centros Auditivos em Portugal, explica que “a maioria das pessoas sabe que a entrada de água pressurizada nos ouvidos, além do desconforto, pode originar otites. Contudo, existem outros problemas como o aparecimento de germes e bactérias, muito prováveis quando conjugados fatores como a humidade e as altas temperaturas, e que resultam em infeções nos ouvidos.”

Neste seguimento, Dulce Martins Paiva alerta que “a prevenção é fundamental, pelo que é recomendável a utilização de protetores auditivos para a água. Existem soluções personalizadas que se adaptam ao canal auditivo fechando-o na sua totalidade, evitando assim a entrada da água.”

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close