Ambiente

Orquídea renasce nos Pirenéus

Treze anos de estudo foram a chave para compreender o "como" e "porquê" uma espécie de orquídea euroasiática, a Cypripedium calceolus, ameaçada nalguns países europeus, sobreviveu e recuperou nos Pirenéus.

Versão para impressão
Treze anos de estudo foram a chave para compreender o “como” e “porquê” uma espécie de orquídea euroasiática, a Cypripedium calceolus, ameaçada nalguns países europeus, sobreviveu e recuperou nos Pirenéus.

Os resultados sugerem que o abandono da agricultura e do pastoreio permitiram a reflorestação que beneficiou esta orquídea.

De acordo com o estudo publicado na revista Conservation Biology,citado pelo jornal El Mundo este resultado fora do normal parece estar relacionado com a reflorestação nas áreas estudadas dos Pirenéus. Essas áreas abandonaram as práticas tradicionais de agricultura e o pastoreio e observou-se que estas mudanças podem, assim, favorecer a recuperação de algumas plantas ameaçadas de extinção que habitam a floresta.  

“Para uma planta acostumada a temperaturas mais baixas (como no centro e norte da Europa), a reflorestação das populações mais meridionais pode supor uma melhoria no seu habitat, e portanto um aumento na taxa de crescimento populacional “, assinala Garcia, que confirmou que a taxa mais alta de todas até agora analisadas se encontra nos Pirenéus.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close