Mundo

ONU: Palestina elevada a Estado observador

A Palestina já é um Estado observador não-membro das Nações Unidas. A resolução levada a votação na assembleia da ONU, esta quinta-feira à noite, elevou o estatuto deste Estado atribuindo-lhe o mesmo grau que o Vaticano.
Versão para impressão
A Palestina já é um Estado observador não-membro das Nações Unidas. A resolução levada a votação na assembleia da ONU, esta quinta-feira à noite, elevou o estatuto deste país atribuindo-lhe o mesmo grau que o Vaticano.
 
Esta resolução foi aprovada com 138 votos a favor – entre os quais o voto de Portugal – nove votos contra e 41 abstenções.

Os palestinianos passam assim a ter um lugar na assembleia das Nações Unidas como observadores. Na prática, pouco muda para a representação palestina, uma vez que continuam poder de voto, mas a aprovação abre espaço para que a Palestina tente noutros organismos internacionais.

Após a votação, o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, fez um discurso onde afirmou que esta votação é um avanço na busca de um Estado independente.

 
De recordar que, (como o Boas Notícias noticiou), no ano passado a Palestina já tinha sido aceite como membro da UNESCO, organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.
 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close