Ambiente

Óleo de soja usado para criar pneus ecológicos

O óleo de soja pode reduzir até 26,5 milhões de litros por ano o petróleo utilizado no fábrico de pneus e foi com base nesta descoberta que, a Goodyear, maior fabricante de pneus do mundo, desenvolveu um protótipo de pneu ecológico.
Versão para impressão
O óleo de soja pode reduzir até 26,5 milhões de litros por ano o petróleo utilizado no fábrico de pneus, tornando o processo menos penoso para o meio ambiente. Com base nesta descoberta, a Goodyear, maior fabricante de pneus do mundo, desenvolveu um protótipo de pneu ecológico que poderá vir a ser comercializado dentro de poucos anos.
 
Os testes realizados pela empresa durante a produção mostraram que, com a introdução de óleo de soja no processo, este comporta um consumo mais reduzido de energia e uma menor emissão de gases poluentes para a atmosfera, evitando o agravamento do efeito de estufa.
 
Segundo informações adiantadas pela Goodyear, estes testes mostraram que aquele óleo melhora a capacidade de mistura dos diferentes componentes usados para fabricar o pneu. Os compostos de borracha feitos com óleo de soja fundem-se mais facilmente com a sílica, aumentando a eficácia da produção e minorando os impactos negativos para o planeta.
 
Nos próximos meses, a Goodyear vai colocar o protótipo criado à prova em San Angelo, no estado norte-americano do Texas e, se os resultados obtidos forem positivos, espera que os pneus com óleo de soja cheguem ao mercado a partir de 2015.
 
“Estamos empenhados em respeitar o meio ambiente e as localidades em que operamos. A utilização de óleo de soja é uma maneira de alcançar esse objetivo”, afirmou Jean-Claude Kihn, responsável técnico da companhia, em comunicado.
 
“Enquanto os consumidores beneficiam de um aumento da vida útil dos pneus, a Goodyear regista uma maior eficiência e economia de energia – todos ganhamos com a redução do impacto no meio ambiente”, acrescentou Kihn.
 
O projeto de criação de pneus ecológicos da Goodyear está a ser apoiado pela United Soybean Board (USB), uma organização de agricultores que supervisiona iniciativas ligadas à soja, que vai financiá-lo em 500 mil dólares nos próximos dois anos (cerca de 407 mil dólares).
 
De salientar que esta não é a única iniciativa “verde” desenvolvida pela empresa. A Goodyear está também a trabalhar em parceria com a DuPont Industrial Biosciences na produção de Biolsoprene, uma alternativa biológica a um dos derivados do petróleo que pode ser usada no fabrico de borracha sintética, permitindo diminuir a dependência de produtos petrolíferos. 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close