Ambiente

Oeiras e Lisboa unem-se no tratamento do lixo

A Associação que trata os lixos de Cascais, Mafra, Oeiras e Sintra quer fundir-se com a Valorsul, empresa que gere os resíduos de 19 câmaras da Grande Lisboa. A ideia é reduzir o valor a pagar por cada tonelada para metade, refere a agência Lusa.
Versão para impressão
A Associação que trata os lixos de Cascais, Mafra, Oeiras e Sintra quer fundir-se com a Valorsul, empresa que gere os resíduos de 19 câmaras da Grande Lisboa. A ideia é reduzir o valor a pagar por cada tonelada para metade, refere a agência Lusa.

A informação foi avançada pelo presidente da autarquia de Oeiras, Isaltino Morais, na Assembleia Municipal dedicada ao tratamento de lixo no concelho: “Há dois anos que a Associação de Municípios de Cascais, Mafra, Oeiras e Sintra para o Tratamento de Resíduos Sólidos (AMTRES) está a preparar a criação de um sistema multimunicipal”.

“Não queimar o lixo está a custar-nos os olhos da cara. Não é justo que seja mais caro em Oeiras do que em Lisboa e isso reflete-se nos custos para os cidadãos”, disse, referindo que o concelho paga 44 euros por tonelada de resíduos sólidos urbanos depositados, enquanto os municípios da ValorSul pagam 22 euros.

“A ValorSul tem a vantagem que a queima reflete-se em eficiência energética e tem lucro, o que faz diminuir o preço por tonelada”, explicou Isaltino Morais, citado pela Lusa.

A proposta está, neste momento, a ser debatida com as partes envolvidas e “vai demorar a ser feita”, reconheceu o autarca.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close