Ambiente

Oceanário de Lisboa acolhe tartaruga sem barbatana

A pequena tartaruga foi resgatada por pescadores, em Espanha, e embora não tenha uma barbatana é saudável e continuará o seu processo de recuperação, até voltar ao seu habitat natural.
Versão para impressão
O Oceanário de Lisboa recebeu uma tartaruga muito especial que se junta às tartarugas Aurélia, Crioula e Kiko. A pequena tartaruga foi resgatada por pescadores, em Espanha, e embora não tenha uma barbatana é saudável e continuará o seu processo de recuperação, até voltar ao seu habitat natural. 
 
Em comunicado de imprensa enviado ao Boas Notícias, o Oceanário explica que a nova tartaruga-comum, pertencente à espécie Caretta caretta, foi capturada acidentalmente em redes de pesca, ao largo de Alicante, em Espanha.

Quando foi resgatada pelos pescadores a tartaruga tinha a barbatana dianteira direita estrangulada por um cabo da rede e, ao receber cuidados médicos, foi necessário avançar com a sua amputação para garantir a sua recuperação.

Com 6,6 quilos, foi entregue ao Centro de Reabilitação de Animais Marinhos do L’Oceanográfic de Valência, no dia 7 de setembro de 2013 e, no dia 11 de fevereiro, chegou ao Oceanário de Lisboa, apta a ser introduzida no aquário da exposição. 

 
Com o intuito de assinalar a chegada da nova tartaruga, o Oceanário está a promover a escolha do seu nome na sua página do Facebook.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close