Mundo

Obama quer legalizar 11 milhões de imigrantes

O presidente norte-americano Barack Obama defendeu esta semana uma reforma na lei da imigração que inclua a legalização dos 11 milhões de imigrantes ilegais mas disse que a medida nunca passará sem o apoio dos republicanos.
Versão para impressão
O presidente norte-americano Barack Obama defendeu esta semana uma reforma na lei da imigração que inclua a legalização dos 11 milhões de imigrantes ilegais mas disse que a medida nunca passará sem o apoio dos republicanos.

“Podemos criar o caminho para a legalização que seja justa e um reflexo dos nossos valores e trabalho”, defendeu Obama no discurso proferido na American University, na quinta-feira. “A questão agora é se temos a coragem e a vontade política de passar a proposta no Congresso e finalmente concretizá-la”.

Segundo Barack Obama a legalização e a entrada de mais imigrantes irá ajudar a criar “uma força de trabalho mais jovem e uma economia em rápido crescimento em comparação com outros competidores”. Não se esqueceu também de referir que a força dos EUA reside nesses mesmos imigrantes que desde sempre procuram o país e o enriqueceram.

Garantiu que nunca nos últimos 20 anos a fronteira foi tão vigiada e está mais segura do que nunca com o número de ilegais e crimes cometidos em níveis baixos. Continua a defender que quem entre de forma ilegal tenha de pagar coimas mas que possa ter o direito à legalização.

Defendeu ainda que num mundo cada vez mais interligado, “a diversidade dos EUA são uma vantagem poderosa na competição global”.

Barack Obama contestou também no seu discurso a recente lei do Arizona que criminaliza os imigrantes ilegais. Não se pronunciando sobre se vai reclamar inconstitucionalidade da lei, referiu que esta “pode violar os direitos de cidadãos norte-americanos e residentes legais, que podem ser sujeitos a interrogatórios e detenções baseadas no aspecto ou sotaque”.

No discurso, Obama defendeu que “ser americano não é uma questão de sangue ou de nascimento” mas sim uma “questão de fé” e “fidelidade” a um conjunto de valores que “prezam acima de tudo”.

Durante a campanha eleitoral uma das promessas de Obama era a de rever as leis da imigração no país.

Pode assistir ao discurso de Obama no vídeo em baixo ou ler a transcrição aqui.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close