Mundo

Obama nomeia luso-descendente para o Governo

O presidente norte-americano Barack Obama nomeou, esta semana, o luso-descendente Ernest Moniz para o cargo de secretário de estado da Energia. O físico, professor do MIT, é já experiente no que toca a cargos no Governo dos EUA.
Versão para impressão
O presidente norte-americano Barack Obama nomeou, esta semana, o luso-descendente Ernest Moniz para o cargo de secretário de estado da Energia. O físico, professor do Massachusetts Institute of Technology (MIT), é já experiente no que toca a cargos no Governo dos EUA, tendo desempenhado, no passado, funções-chave neste setor.
 
Ernest Moniz, de 68 anos, filho de pais açorianos, e que tem vindo a ocupar  a posição de diretor do projeto Iniciativa da Energia do MIT, foi vice-presidente do departamento de Energia da administração de Bill Clinton e fez também parte, desde 2009, do grupo de aconselhamento de Obama para a Ciência e Tecnologia. 
 
Depois do anúncio do seu nome, a imprensa norte-americana tem dado a conhecer Moniz através de vários artigos, nos quais é destacado o facto de o especialista ser um defensor da energia nuclear.
 
“Moniz é apologista de um futuro com baixas emissões de carbono e, numa variedade de situações, promoveu já o uso da energia nuclear para lá chegar”, pode ler-se numa peça publicada no semanário National Journal.
 
No entender do luso-descendente, citado pela publicação norte-americana, “a segurança e os custos são considerados obstáculos à criação de plantas de energia nuclear”, mas “estas oferecem opções mais baratas e mais versáteis” pelo que, “se o país não investir agora na tecnologia nuclear, os americanos vão olhar para trás com arrependimento”.
 
Ernest Moniz é também um apreciador do gás natural, pelo menos a curto prazo. No futuro, o gás natural deverá ser substituído por alternativas “carbono zero”, mas “durante as próximas décadas, terá um papel fundamental ao permitir reduções muito substanciais nas emissões poluentes”, defendeu num relatório publicado pelo MIT em 2010.

Comunidade luso-americana agradada com a escolha
 

A notícia da nomeação do luso-descendente por Barack Obama foi recebida com grande satisfação pela comunidade portuguesa dos Estados Unidos. Embora o cientista tenha nascido em Fall River, no Massachusetts, os pais de Ernest Moniz eram naturais da ilha de São Miguel, nos Açores, pelo que desde sempre cresceu no seio da comunidade açoriana.
 
“[São] raízes que o pofessor Moniz nunca escondeu”, disse à agência Lusa o consul-geral de Portugal em Boston, Paulo Cunha Alves, que o descreve como “uma pessoa afável e bem-humorada”.
 
Segundo o responsável diplomático, “é uma grande honra para Portugal e para a comunidade luso-americana de Massachusetts poder contar com o professor Ernest Moniz em tão importantes funções na administração norte-americana”.

[Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes e Lídia Dinis]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close