Saúde

Números do cancro serão apurados em Portugal

A Fundação Champalimaud vai realizar um estudo nacional para apurar o número exato de pacientes, a dimensão da doença em Portugal e qual o tipo de cancro mais representativo em cada região do país, conforme afirmou este fim-de-semana o responsável pe
Versão para impressão
A Fundação Champalimaud vai realizar um estudo nacional para apurar o número exato de pacientes, a dimensão da doença em Portugal e qual o tipo de cancro mais representativo em cada região do país, conforme afirmou este fim-de-semana o responsável pelo Centro do Cancro da Fundação, Raghu Kalluri.

O cientista da Harvard Medical School falou à margem do Simpósio sobre Cancro que decorreu até sábado na Fundação Champalimaud, em Lisboa, onde estiveram reunidos cientistas internacionais para debater a investigação e novas metodologias para o combate à doença.

“Estou a trabalhar aqui há um ano e é muito difícil obter números acerca do cancro”, referiu o diretor à Lusa, acrescentando que um especialista, no espaço de seis meses a um ano, irá efetuar uma recolha sobre o número exato de casos e tipos de cancro por regiões do país.

O português António Horta Osório, que em março assume a presidência do Lloyds Bank, uma das instituições bancárias mais importantes do Reino Unido, foi eleito pelo conselho de curadores da Fundação para administrador não-executivo da Fundação Champalimaud.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close