Ambiente

Novo método prevê risco de extinção animal

Dois investigadores norte-americanos desenvolveram um novo método em laboratório que pode ajudar a identificar atempadamente potenciais casos de extinção animal. Contudo, resta saber se o procedimento terá resultados igualmente positivos no meio selv
Versão para impressão
[Imagem: © Paul Hebert]

Dois investigadores norte-americanos desenvolveram um novo método em laboratório que pode ajudar a identificar atempadamente potenciais casos de extinção animal. Contudo, resta saber se o procedimento terá resultados igualmente positivos no meio selvagem.

O estudo, publicado na versão digital da revista Nature, envolve o reconhecimento do fenómeno de “abrandamento”, que geralmente precede eventos de alteração drástica no meio ambiente e, no caso específico das espécies animais, corresponde a uma incapacidade de resposta ao declínio populacional.

Na prática, os investigadores John Drake, da Universidade da Geórgia, e Blain Griffen, da Universidade da Carolina do Sul, serviram-se de 60 aquários de pequenas dimensões, sendo que em cada um depositaram diversas populações da pulga-de-água (Daphnia magna), posteriormente divididas em dois grupos: um deles recebeu alimento sem restrições, enquanto que o outro foi tendo cada vez menos alimento disponível.

Este último começou a desaparecer, gradualmente, chegando a um ponto crucial, após 270 dias, em que a sua sobrevivência não ultrapassaria a meta de um ano. A partir daí, os investigadores identificaram quatro medidas estatísticas da abundância que os distinguem e que são sinais de alerta para o declínio final no grupo privado de alimento.

Desconhece-se ainda se a metodologia tem uma boa aplicação na Natureza, já que, nos casos das espécies selvagens, são escassas as informações disponíveis sobre as suas tendências populacionais.

Ainda assim, esta ferramenta poderá vir a ser crucial no campo da Biologia da Conservação.

[Notícia sugerida pela utilizadora Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close