Ciência

Novo instituto de investigação nos Açores

O Governo Regional vai criar, na Terceira, uma unidade de investigação nas áreas da Biotecnologia e da Biomedicina que terá "uma grande ligação ao mundo empresarial" e promete colocar os Açores no mapa do desenvolvimento científico nacional de ponta.
Versão para impressão
O Governo Regional vai criar, na Terceira, uma unidade de investigação nas áreas da Biotecnologia e da Biomedicina que terá “uma grande ligação ao mundo empresarial” e promete colocar os Açores no mapa do desenvolvimento científico nacional de ponta.
 
José Contente, secretário regional da Ciência e Tecnologia, afirmou à Lusa que a investigação do Instituto de Biotecnolgia e Biomedicina (IBBA) deverá focar-se em questões do âmbito agrário e de saúde animal. Prevê-se ainda uma forte ligação aos dois principais hospitais açoreanos, em Ponta Delgada e Angra do Heroísmo, para desenvolvimentos na área da Biomedicina.

Ainda assim, o projeto ainda se encontra numa fase de “definição dos conteúdos que o vão integrar”.

O arménio Garabed Antranikian é o perito em biotecnologia industrial que tem a função de consultor para o desenvolvimento do plano estratégico e das linhas de investigação a serem atribuídas ao IBBA.

Os Açores dão, assim, mais um passo no campo do desenvolvimento tecnológico e científico, um percurso já iniciado há dois anos, com a instalação de uma estação de rastreio da Agência Espacial Europeia (ESA), em Santa Maria.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close