Saúde

Novo “chip” consegue diagnosticar gripe em minutos

Um grupo de investigadores das universidades de Waseda, Tóquio e Hokkaiko, no norte do Japão, desenvolveu um "chip" capaz de detetar em minutos o vírus da gripe (influenza) com uma precisão 10.000 vezes superior à dos métodos convencionais.
Versão para impressão
Um grupo de investigadores das universidades de Waseda, Tóquio e Hokkaiko, no norte do Japão, desenvolveu um “chip” capaz de detetar em minutos o vírus da gripe (influenza) com uma precisão 10.000 vezes superior à dos métodos convencionais.
 
De acordo com o jornal local Nikkei, citado pelas agências noticiosas internacionais, o sensor criado, equipado com “chip” especial, permite a quem o utilizar saber instantaneamente se está infetado com o vírus da gripe, bastando, para isso, a análise de uma pequena amostra de muco.
 
Os especialistas, coordenados por Tetsuya Osaka, da Universidade de Tóquio, afirmam que esta tecnologia necessita somente de 10 minutos para detetar a doença, sendo capaz de identificar 15 estirpes diferentes do vírus a partir da análise de 0,025 milímetros de líquido nasal (o equivalente a uma gota).
 
Osaka e a sua equipa acreditam que a inovação poderá ajudar a reduzir significativamente o tempo de diagnóstico da gripe e, consequentemente, diminuir o risco da sua propagação. A expetativa dos investigadores passa por comercializar o equipamento, tanto para centros médicos e hospitais como para indivíduos a título privado, dentro de três a cinco anos.
 
O objetivo é que a solução seja vendida por um preço que rondará os 40 cêntimos, o que será possível graças à manufatura em massa, que contará com o apoio de especialistas em medicina e em manufatura de equipamento médico.
 
Atualmente, o diagnóstico da gripe é efetuado através de consultas tradicionais, em que são valorizados sintomas como a presença de febre alta, congestão nasal, dor de cabeça e fadiga física. Em alguns casos específicos, são também efetuados testes clínicos (por exemplo, análises ao sangue) para confirmação do problema.

Notícia sugerida por Maria da Luz, Vítor Fernandes e Lídia Dinis

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close