Saúde

Novo adesivo mede sinais vitais

NULL
Versão para impressão

Além de poder ser usado para fazer diagnósticos médicos, este novo adesivo eletrónico – com uma espessura mais fina do que um fio de cabelo e que adere à pele como se fosse uma tatuagem – pode ser usado para acionar aparelhos eletrónicos. A inovação foi publicada na edição de agosto da revista Science.

Uma equipa internacional de engenheiros dos EUA, China e de Singapura liderada por John Rogers, professor de engenharia da Universidade de Illinois (EUA), desenvolveu um circuito eletrónico que pode ser colado à pele como uma tatuagem temporária.

O adesivo pode ser usado para monitorizar o funcionamento do cérebro, do coração e dos tecidos musculares, prometendo revolucionar a monitorização de pacientes. 

Além disso, se for colocado na garganta, permite aos seus utilizadores – mesmo pessoas com problemas vocais como doentes que tiveram cancro na laringe – manipular equipamentos eletrónico acionados por voz, com um rigor de 90 por cento.

O dispositivo é colocado sobre uma camada de poliéster elástico transparente que imita a elasticidade da derme, aderindo à pele por atração de moléculas, sem que seja necessário usar gel ou qualquer outra substância para o manter colado.

O mecanismo no interior do adesivo — da espessura de um cabelo humano — tem componentes eletrónicos que incluem sensores, isolantes e transmissores que captam a informação do paciente.

Os investigadores testaram esta “pele eletrónica” no braço, no pescoço, na testa, na face e no queixo dos pacientes e demonstraram que o dispositivo funciona 24 horas ou mais e não irrita a pele.

Os resultados apontam que as “peles eletrónicas” podem substituir, no futuro, os exames hospitalares convencionais mais desconfortáveis. O dispositivo também poderá ser utilizado para avaliar o sentido do tato em utilizadores de próteses de pernas ou braços artificiais.

Clique AQUI para aceder ao resumo publicado na revista Science e clique no link acima para visionar um vídeo da AFP sobre o novo adesivo.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close