Cultura

Nove edifícios nacionais candidatos a prémio mundial

Nove projetos de arquitetura assinados por portugueses e localizados no nosso país estão entre os 70 finalistas do prémio "Building of The Year 2012" promovido pelo prestigiado portal ArchDaily.
Versão para impressão
Nove projetos de arquitetura assinados por portugueses e localizados no nosso país estão entre os 70 finalistas do prémio “Building of The Year 2012” promovido pelo prestigiado portal ArchDaily. Os edifícios nacionais foram selecionados entre um total de 3.042 de todo o mundo, divididos por 14 categorias.
 
A Plataforma das Artes e Criatividade, em Guimarães, a escola Sebastião da Gama, em Setúbal, uma clínica dentária de Lisboa, o Pedras Salgadas Eco Resort em Vila Pouca de Aguiar, uma casa particular em Lisboa, um edifício de escritórios no Porto, um apartamento lisboeta, o Castelo Novo do Fundão e o Pavilhão Multiusos de Lamego são so finalistas portugueses.
 
Na categoria “Cultura” a representante portuguesa é a Plataforma das Artes e Criatividade, em Guimarães, assinada pelo gabinete de arquitetura portuense Pitágoras, ao passo que na área da “Educação” está em destaque o projeto de modernização da escola Sebastião da Gama, em Setúbal, da autoria dos arquitetos Ricardo Carvalho e Joana Vilhena. 
 
Dentro da categoria de “Hotéis e Restaurantes” está o Pedras Salgadas Eco Resort, em Vila Pouca de Aguiar, desenvolvido pelos arquitetos Luís Rebelo de Andrade e Diogo Aguiar e na área da “Remodelação” o Castelo Novo, no Fundão, da autoria do ateliê COMOCO Arquitetos, é o representante nacional.

Lisboa com três edifícios candidatos ao prémio
 

Lisboa contribui para a lista com três edifícios. O primeiro deles é uma clínica dentária desenhada pelo atelier de arquitetura Pedra Silva e que está nomeada na categoria “Saúde”.
 
Ainda na capital, destaque para um apartamento na avenida Rodrigo da Fonseca da responsabilidade de João Tiago Aguiar que está a disputar o prémio na categoria “Interiores” e, finalmente, uma moradia particular na Travessa do Patrocínio, da autoria de Luís Rebelo de Andrade, Tiago Rebelo de Andrade e Manuel Cachão Tojal a concurso na categoria “Casas”. 
 
Por fim, o Castelo Novo, no Fundão, do ateliê COMOCO Arquitectos, está nos nomeados para a categoria “Remodelação” (Refurbishment), enquanto em “Desporto” surge o Pavilhão Multiusos de Lamego, da responsabilidade dos arquitetos portuenses Barbosa & Guimarães.
 
O prémio do portal ArchDaily, onde os arquitetos têm a possibilidade de partilhar os seus projetos com os especialistas de todo o mundo, tem por objetivo reconhecer os profissionais cujos trabalhos mais impressionaram durante o ano anterior.
 
Na edição do ano passado, como o Boas Notícias noticiou, foram premiados três projetos portugueses, nomeadamente a Capela da Vida, em Braga, a MIMA House, em Viana do Castelo, e a sede da Associação Fraunhofer na cidade do Porto. 
 
A escolha dos vencedores vai caber ao público e os utilizadores podem votar nos seus edifícios preferidos até dia 13 de Fevereiro clicando AQUI

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close