Sociedade

Novas Oportunidades: Aluno de 91 anos recebe diploma

Aos 91 anos, João Vieira é o aluno mais velho a concluir o ensino básico através do programa Novas Oportunidades. O diploma é entregue esta quinta-feira na Escola Profissional de Salvaterra de Magos.
Versão para impressão
Aos 91 anos, João Vieira é o aluno mais velho a concluir o ensino básico através do programa Novas Oportunidades. O diploma é entregue esta quinta-feira na Escola Profissional de Salvaterra de Magos, avança o jornal Público.

Nascido no Ribatejo, João Vieira recomeçou tarde um ensino interrompido: só aos 34 anos conseguiu concluir o terceiro ano de escolaridade. Sempre com vontade de aprender, inscreveu-se no Centro de Novas Oportunidades (CNO). O percurso tornou-o hoje, oficialmente, no português mais velho a concluir o 9º ano de escolaridade.

Incentivado por um neto a regressar às aulas, o nonagenário chegou ao CNO com o objetivo de completar o ensino básico através do processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC).

De acordo com a Escola Profissional de Salvaterra de Magos, João Sabino, como é conhecido, apresentou-se no CNO com “um currículo invejável”.

Uma vida divida entre a agricultura, a música, e as letras

Residente em Benavente há 52 anos, João Sabino começou a trabalhar na terra aos 14 anos e a saúde permite-o manter a atividade até hoje. Pelo caminho passou pelo cargo de diretor de Serviços Agrícolas no Fomento da Indústria e do Tomate, no qual se manteve durante 38 anos

Mas o que o notabilizou no setor agrícola foi o facto de ter inventado, nos anos 70, uma máquina inovadora de semear tomate. O êxito foi de tal ordem que chegou a ser um dos maiores produtores europeus de tomate. A patente da máquina acabou, no entanto, por ser vendida a uma empresa italiana.

O gosto pelo conhecimento e pelas letras, que o levaram, há um ano, inscrever-se na escola, é o mesmo que o incentivou a escrever cinco livros, quatros dos quais de poesia, e ainda uma autobiografia. João Vieira dedica também parte do seu tempo à música, nomeadamente ao instrumento que pratica, o trompete.

O caso do idoso de Salvaterra de Magos não é único do género em Portugal: em Janeiro, a Câmara de Grândola deu conta da inscrição nas Novas Oportunidades de uma senhora de 97 anos que entrou no programa para terminar o 6º ano.

[Notícia sugerida por Elsa Martins]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close