Cultura

Nova Iorque: Álvaro Siza Vieira na coleção do MoMA

Álvaro Siza Vieira vai ser o primeiro arquiteto português representado numa coleção do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA). O museu adquiriu três projetos de Siza Vieira, não só do início da carreira, mas também da sua obra mais recente.
Versão para impressão
Álvaro Siza Vieira vai ser o primeiro arquiteto português representado numa coleção do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA). O museu adquiriu três projetos de Siza Vieira, não só do início da carreira, mas também da sua obra mais recente.

O MoMA comprou 21 desenhos e uma maqueta do Museu Iberê Camargo, inaugurado em 2008,  trabalhos que considera representativos da maturidade e do estilo pessoal do arquiteto.

Os outros projetos adquiridos pelo museu nova-iorquino foram realizados nos anos 70 e dão conta de um estilo mais refinado e de uma abordagem experimental.

De um deles, o São Vitor, no Porto, projeto de habitação, o MoMA recolheu 30 desenhos, 21 fotografias, uma maqueta e a brochura do trabalho. Relativamente ao outro, o edifício do Banco Pinto & Sotto Mayor, foram adquiridos 33 desenhos e 14 fotografias.

O MoMA que tem dado preferência aos arquitetos norte-americanos ou àqueles que tenham obra no país, acrescenta, agora, o talento português de Álvaro Siza Vieira, vencedor do Prémio Pritzker em 1992, à sua coleção.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes e Diana Rodrigues]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close