Sociedade

Nova iniciativa quer aproximar escolas das universidades

O evento "Inspiring Future" vai chegar a 70 escolas de Lisboa e quer ajudar os alunos a decidirem o seu futuro profissional através da disponibilização de informação sobre os cursos superiores das universidades portuguesas e de um conjunto de oficina
Versão para impressão
Pela primeira vez em Portugal realiza-se uma feira de orientação profissional dirigida às escolas secundárias. O evento “Inspiring Future” vai chegar a 70 escolas de Lisboa e quer ajudar os alunos a decidirem o seu futuro profissional através da disponibilização de informação sobre os cursos superiores das universidades portuguesas e de um conjunto de oficinas de desenvolvimento pessoal.

De Janeiro a Junho de 2014, a feira Inspiring Future vai percorrer várias escolas secundárias da Grande Lisboa, dedicando a cada uma delas um dia de atividades com expositores, apresentações e 'workshops'. Embora na sua primeira edição o evento decorra apenas em Lisboa, para o ano, o “Inspiring Future” deverá ser alargado às cidades de Coimbra e Porto. 

A iniciativa prevê chegar a cerca de 40 mil alunos, com idades compreendidas entre os 16 e os 19 anos, e conta com a participação de vários parceiros, como a Fórum Estudante, a Education First e a Câmara Municipal de Cascais, entre outros.
 

“O Inspiring Future é um projeto sem fins lucrativos que tem como objetivo estabelecer uma relação de confiança e qualidade entre o sistema de Ensino Superior e as escolas secundárias, agilizando o processo de comunicação e divulgação da oferta educativa existente”, explica Eduardo Filho, diretor da Inspiring, a empresa 'start-up' que está por detrás deste evento.

À oferta tradicional de uma feira, com expositores e apresentações sobre o ensino superior, o evento Inspiring Future acrescenta um conjunto de oficinas sobre competências não técnicas, para ajudar os alunos nos seus processos de tomada de decisão, na sua preparação para a vida académica e para a vida profissional.

“Nestes 'workshops' iremos trabalhar competências como a autonomia, o empreendedorismo, a proatividade, a assertividade, a capacidade relacional e a motivação”, avança Eduardo Filho.

“A ideia é abrir os horizontes e pôr os alunos do secundário a pensar nas suas perspetivas de carreira, ajudando-os a preparar o seu futuro. Reitera-se ainda que esta feira também foi desenvolvida a pensar nos alunos de ensino profissional, que procuram alternativas ao ensino superior mas que não dispensam o desenvolvimento comportamental”, completa.
 

Para além das várias instituições do ensino superior, convidadas a apresentar aos alunos a sua oferta educativa, haverá também expositores para empresas que, na qualidade de potenciais empregadoras, vão poder explicar aos alunos quais os perfis e competências mais valorizados pelos recrutadores.
 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close