Saúde

Nova campanha promove o aleitamento materno

Vários estudos apontam benefícios para as crianças que recebem de aleitamento materno. Nesse sentido foi lançada, este sábado, em Lisboa, a campanha ?Aleitamento Materno: presente saudável, futuro sustentável?.
Versão para impressão
Vários estudos apontam vantagens nutricionais, anti-infeciosas, imunológicas, cognitivas e até afetivas nas crianças que beneficiam de aleitamento materno. Nesse sentido foi lançada, este sábado, em Lisboa, a campanha “Aleitamento Materno: presente saudável, futuro sustentável”.
 
Promovida pelo Agrupamento de Centros de Saúde de Lisboa Ocidental e Oeiras, em colaboração com a Câmara Municipal de Lisboa, a Câmara Municipal de Oeiras e outros parceiros, a campanha tem por objetivo realçar a importância do aleitamento materno, tanto para o bebé como para a mãe.
 
A iniciativa vai decorrer durante os próximos dois meses, integrando as comemorações da Semana Mundial de Aleitamento Materno, que está marcada para o mês de Outubro.

A campanha, a primeira sobre este tema realizada em Portugal, contará com uma Conferência sobre Aleitamento Materno, destinada a profissionais de saúde e utentes, no dia 15 de Outubro, em local ainda a confirmar.

 

Numa nota de imprensa enviada ao Boas Notícias, a organização da campanha salienta que o aleitamento materno “exerce um papel importante em termos da estimulação da musculatura e funções respiratórias do bebé e, para a mãe, tem impacto em termos da involução uterina, estando ainda associada a diminuição do risco de cancro da mama e do ovário”. 
 
O Agrupamento de Centros de Saúde de Lisboa Ocidental e Oeiras salienta ainda que “vários estudos demonstram que as crianças amamentadas têm menor probabilidade de desenvolver obesidade, com o benefício a longo prazo, da diminuição da incidência de diabetes e hipertensão na vida adulta”. 
 
“Promover e apoiar o aleitamento materno enquanto fator de crucial importância para o desenvolvimento da saúde da população é o objetivo desta campanha, que traz para a rua o tema do aleitamento materno, divulgando assim algo que é natural e a melhor forma de alimentar um bebé até aos seis meses de vida”, diz ainda o comunicado de imprensa.

Com esta campanha, o Agrupamento de Centros de Saúde de Lisboa Ocidental e Oeiras quer também reforçar a sua candidatura a “Unidade de Saúde Amiga dos Bebés”, um programa lançado em 1992 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close