Ambiente Em Destaque

Nova campanha da Ecopilhas ajuda a equipar IPO

Para ajudar basta colocar as pilhas e baterias usadas nos mais de 20.000 pilhões espalhados pelo território nacional
Versão para impressão
por redação

Tem pilhas e baterias usadas em casa? A Ecopilhas tem o destino adequado para que possa contribuir para preservar o ambiente ao mesmo tempo que ajuda o Instituto Português de Oncologia (IPO). Pelo 9º ano consecutivo, a Ecopilhas, entidade que tem como missão a gestão do sistema integrado de pilhas e acumuladores usados, lança um peditório nacional de pilhas e baterias usadas, que decorrerá até 31 de dezembro.

Para contribuir para esta campanha de solidariedade basta colocar as pilhas e baterias que já não funcionam, e que foram anteriormente usadas em brinquedos, telecomandos, computadores portáteis, telemóveis ou relógios, num dos mais de 20.000 pilhões em todo o País ou junto dos parceiros aderentes da campanha: nas lojas da MultiOpticas e Meu Super ou nos balcões do Millennium bcp.

O apresentador José Carlos Malato junta-se uma vez mais a esta iniciativa, sendo o rosto da campanha de sensibilização para a recolha de pilhas e baterias usadas a favor do IPO de Lisboa. “É com muito gosto que nos últimos anos me tenho associado a esta campanha da Ecopilhas, que, para além do cariz solidário, permite contribuir para um ambiente melhor”, refere José Carlos Malato, embaixador da campanha.

Ao entregar as pilhas e baterias usadas estará a contribuir para ajudar o IPO de Lisboa na aquisição de um aparelho de diagnóstico para intervenções na área da cirurgia geral, cirurgia torácica, cirurgia de cabeça e pescoço e otorrinolaringologia.

Eurico Cordeiro, Diretor Geral da Ecopilhas, deixa um apelo à participação massiva no 9º Peditório: “Basta um pequeno gesto para fazer a diferença. Por isso, contamos com a ajuda de todos para contribuir para o sucesso desta campanha e aumentar a reciclagem de pilhas e baterias, as quais são constituídas por materiais nocivos, pelo que é fundamental dar-lhes um destino adequado”.

Desde 2009, ano em que teve início a primeira campanha que tem permitido doar anualmente um aparelho diagnóstico ao IPO, foram encaminhadas para reciclagem mais de 32,3 milhões de pilhas e baterias portáteis usadas no âmbito dos peditórios.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close