Mundo

Nobel da Paz premeia trabalho da União Europeia

A União Europeia (UE) acaba de ser laureada pelo Comité Nobel com o prémio Nobel da Paz", juntando-se assim aos nomes dos quatro prémios Nobel atribuídos já desde o início desta semana.
Versão para impressão
A União Europeia (UE) acaba de ser laureada pelo Comité Nobel com o prémio Nobel da Paz”, juntando-se assim aos nomes dos quatro prémios Nobel atribuídos já desde o início desta semana. 
 
A academia justificou este galardão com o trabalho que “a União e os seus precursores têm desenvolvido por mais de seis décadas, contribuindo para o avanço da paz e da reconciliação, democracia e direitos humanos na Europa”.
 
No comunicado são citados os exemplos da Grécia, Espanha e Portugal, que, para entrarem na UE, tiveram, primeiro, de se estabelecerem como estados democráticos, livres, de direito e com respeito pela liberdade, sendo igualmente destacado o papel desta instituição no pós-II Guerra Mundial, tendo funcionado como a força agregadora do Continente.
 
O Comité salienta ainda a histórica queda do muro de Berlim que “tornou possível a adesão de vários países da Europa Central e do Leste, abrindo assim uma nova era na história da Europa”. 
 
A gestão do conflito nas Balcãs na contribuição para o processo de reconciliação entre as várias etnias daquela região e, também, a hipótese da Turquia entrar na UE que “tem avançado a democracia e os direitos humanos no país” também são referidos como casos em que a atuação da UE foi determinante.
 
Através da sua conta na rede social Twitter, o presidente do Parlamento Europeu, o alemão Martin Schulz, afirma que na UE estão todos “profundamente sensibilizados e honrados pelo facto de a União Europeia ter recebido o Nobel da Paz. A reconciliação é a essência da UE. É um projeto único que substituiu a guerra pela paz, o ódio pela solidariedade”.
 
Na próxima segunda-feira será conhecido o último Nobel de 2012, atribuído à pessoa individual ou coletiva que mais se distinguiu no campo da Economia. 

Clique AQUI para aceder ao comunicado do Comité Nobel.

[Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes]

 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close