Sociedade

NATO investe 30ME em nova escola em Oeiras

A NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte) aprovou um investimento de 30 milhões de euros para instalar a sua nova escola de comunicações em Oeiras.
Versão para impressão
A NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte) aprovou um investimento de 30 milhões de euros para instalar a sua nova escola de comunicações em Oeiras. O anúncio foi feito esta terça-feira pelo ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, que realçou que esta “é uma boa oportunidade para as empresas portuguesas”.
 
“Já foi aprovado o investimento por parte da NATO de cerca de 30 milhões de euros a efetuar agora na construção [da Escola de Comunicações e Sistemas de Informação]”, informou o governante, defendendo que esta “é uma oportunidade para as empresas portuguesas também poderem recorrer à construção dessa escola em Oeiras, é uma boa novidade e uma oportunidade para as empresas se candidatarem”. 
 
À margem da reunião ministerial da NATO que decorreu na sede daquela organização, em Bruxelas, José Pedro Aguiar-Branco revelou que o concurso para a construção da escola – cuja transferência de Itália para Portugal foi acordada em 2011 – vai ser lançado “no primeiro trimestre de 2014”. 
 
Citado pela Lusa, o responsável pela pasta da Defesa disse que “durante 2015 será feita a construção”, prevendo-se que a escola entre em funcionamento em 2017. “Isto significa a materialização de mais uma alteração que foi acordada no passado relativamente às estruturas de comando [da NATO], é uma boa notícia para Portugal”, considerou. 
 
De acordo com Aguiar-Branco, a tutela “tem feito um esforço de aproximação entre as indústrias de defesa e a NATO”, sendo que este “investimento em concreto” traz consigo”todo o potencial que resultará da económica associada pela existência de alunos que irão frequentar a escola em Oeiras”. 
 
Recorde-se que a reforma da estrutura de comandos e agências da Aliança Atlântica, terminada em 2011, resultou no fecho do comando operacional da NATO em Oeiras. No entanto, foi decidida a transferência para Portugal da STRIKFORNATO (a força aeronaval) e da Escola de Comunicações e Sistemas de Informação, antes sediadas em território italiano.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close