Ambiente

Nasceram quatro crias de lince-ibérico em Silves

Quatro crias de lince-ibérico nasceram este mês no Centro Nacional de Reprodução de Lince-ibérico (CNRLI), em Silves. Os filhotes da fémea Biznaga apresentam bons sinais de saúde e estão a ser bem tratados pela progenitora.
Versão para impressão
Quatro crias de lince-ibérico nasceram este mês no Centro Nacional de Reprodução (CNRLI), em Silves (Algarve). Os filhotes da fêmea Biznaga apresentam bons sinais de saúde e juntam-se agora à população de 18 linces existentes no centro.

por Márcia Moço

Com uma semana de vida, as crias estão ao cuidado da progenitora que as amamenta longe da intervenção humana e que mostrou estar a cuidar bem dos seus filhotes. Com oito anos de idade, Biznaga é uma das pioneiras do programa ibérico de reprodução em cativeiro. A mãe lince veio do Zoobotânico de Jerez de la Frontera, em Espanha, para integrar o CNRLI de Silves, em 2010.

A fémea que deu início à época de reprodução de 2013 tem um historial de abandono à nascença das suas crias que, desta vez, como explicou a responsável de comunicação do centro ao Boas Notícias, não corresponde à realidade, já que tem estado empenhada em satisfazer as necessidades dos filhotes.

Também a época de partos de 2012 foi inaugurada por Biznaga que, na altura, deu à luz três crias, em Março, acabando por abandonar duas delas, tal como já tinha acontecido em 2011. As três crias viriam, depois, a falecer.

 
Anabela Isidoro, diretora de comunicação do Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB), contou ao Boas Notícias que as expectativas do centro é que as novas crias “se desenvolvam bem, saudáveis e que adquiram os comportamentos necessários para a desejada sobrevivência na natureza”.

Durante a época de nascimentos de 2012, as sete fémeas presentes no CNRLI deram à luz 20 crias, das quais resistiram 14 filhotes. Quatro linces recém-nascidos não resistiram ao período de adaptação e dois deles já nasceram mortos devido à doença renal crónica de uma das progenitoras e à idade avançada de 8 anos de uma outra fémea.

Centro recolheu e preservou embriões

 
O CNRLI recolheu, no início de Fevereiro, pela primeira vez, três embriões de uma outra fêmea de lince-ibérico que revelou ter um útero incapaz de concluir a gravidez. Este processo foi conseguido através da lavagem do útero com meio de cultura celular, e assim foram recolhidos três embriões já desenvolvidos.

Segundo o ICNF, os três embriões foram congelados em azoto líquido (-196ºC) através da aplicação de um método de congelação usado também em medicina humana e transportados pela equipa do Dr. Eduardo Roldán para o Museu Nacional de Ciências Naturais em Madrid, onde se encontram armazenados no Banco de Recursos Biológicos.

 
Estes embriões podem agora ser descongelados e transferidos para uma fêmea de lince recetora esperando que estes se implantem, se desenvolvam e resultem em animais saudáveis.

Com esta técnica foi possível preservar a informação genética da Azahar, fêmea que os resultados das análises de patologia confirmaram ter no útero  defeitos incompatíveis com o parto, e manter a esperança de obter crias produzidas pela Azahar que continuem a propagação e diversidade desta espécie criticamente em perigo de extinção.

 
Lince ibérico é o felino mais ameaçado do mundo
 
A União Internacional para a Conservação da Natureza considerou o lince-ibérico uma espécie criticamente em perigo após o tamanho da população ter sido reduzido em 80%, nos últimos 15 a 27 anos.

O nascimento dos quatro filhotes de Biznaga vem aumentar a esperança do CNRLI que, segundo Anabela Isidoro, “aguarda os próximos nascimento da época” para fazer um balanço final dos níveis da última época de reprodução.

 
Segundo o CNRLI, cada fémea de lince-ibérico tem em média ninhadas de 2 a 3 crias, após um período de dois meses de gestação, sendo esperado que apenas 1 ou 2 crias sobrevivam. A época de reprodução ocorre entre os meses de Janeiro e Julho, sendo que o centro vê nascer as primeiras crias entre os meses de Março e Abril.

[Notícia atualizada a 15/03/2013 às 19h30 com informação sobre a recolha de embriões]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close