Ciência

NASA lança sonda para explorar segredos do Sol

A NASA, agência espacial norte-americana, lançou, na madrugada desta sexta-feira, um satélite cujo objetivo é desvendar os segredos da baixa atmosfera do Sol.
Versão para impressão
A NASA, agência espacial norte-americana, lançou, na madrugada desta sexta-feira, um satélite cujo objetivo é desvendar os segredos da baixa atmosfera do Sol. O lançamento, realizado com a ajuda do foguete Pegasus XL na costa da Califórnia, EUA, decorreu com sucesso por volta das 02.27h da manhã, hora portuguesa.
 
“Temos um satélite feliz em órbita e uma equipa de lançamento entusiasmada em Terra”, escreveu Tim Dunn, do departamento de lançamentos da NASA, numa publicação efetuada no blog oficial da agência espacial pouco depois de a sonda IRIS (Interface Region Imaging Spectograph) ter entrado em órbita.
 
O propósito da missão, avaliada em mais de 182 milhões de dólares e que deverá durar, pelo menos, dois anos, é observar o movimento do material solar. Os cientistas querem, principalmente, compreender como este material reúne energia e aquece à medida que se dirige para uma região misteriosa na baixa atmosfera do Sol.
 
De acordo com a NASA, a região entre a fotosfera e a coroa solar é o local onde a maioria das emissões ultravioletas da estrela são geradas, com grande impacto nas regiões próximas do nosso planeta e no clima da Terra. Graças ao satélite IRIS, os astrónomos terão agora acesso a imagens em alta resolução desta região, captadas sucessivamente em intervalos de segundos.
 
Os especialistas acreditam que a missão poderá ajudar a explicar as causas da ejeção de material solar, incluindo os ventos solares, mas também as erupções solares que podem causar falhas nas tecnologias humanas.
 
“O satélite IRIS vai ajudar os cientistas a compreender a 'interface' misteriosa e energética que existe entre a superfície e a coroa solar”, esclarece John Grunsfeld, administrador da NASA para a ciência, citado pela AFP.
 
Ao longo do próximo mês, os engenheiros vão apenas realizar alguns testes com o satélite para apurar o seu pleno funcionamento antes de dar início às observações.

Notícia sugerida por David Ferreira

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close