Espetáculos e Exposições

Museu do Oriente comemora Ano Novo Chinês

O Museu do Oriente organizou um conjunto de atividades temáticas para celebrar o ano Novo chinês que começa a 23 de Janeiro. Segundo o calendário lunar, o próximo ano Chinês será o ano do Dragão, símbolo de boa fortuna e felicidade.
Versão para impressão
O Museu do Oriente organizou um conjunto de atividades temáticas para celebrar o ano Novo chinês que começa a 23 de Janeiro. Segundo o calendário lunar, o próximo ano Chinês será o ano do Dragão, símbolo de boa fortuna e felicidade.

Nos sábados de 7 e 21 de Janeiro, decorrerá a oficina “A Lenda de Buda e dos 12 animais do Zodíaco”. Assim, entre as 11h e as 13h, as crianças poderão conhecer a lenda de Buda e dos animais que com ele celebraram o ano novo.

E a lenda conta o seguinte: como apenas apareceram 12 animais da floresta, Buda, sensibilizado com a sua presença, decidiu compensá-los atribuindo, a cada um, um ano do calendário lunar.

O ateliê decorrerá na Sala Beijing, acolhe um máximo de 25 participantes, é destinado a crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos e tem um custo de 5€ por inscrição. Para a sessão de 7 de Janeiro é necessária marcação prévia até dia 2 do mesmo mês, e para a sessão de 21 até dia 16.

Dia 21 Janeiro haverá ainda uma outra oficina, “Um Dragão por companhia”, que irá revelar as diferenças na forma como as civilizações ocidentais e orientais encaram o dragão. No início do ano confiado a este signo, os participantes deste ateliê são desafiados a compor um longo dragão recorrendo à arte milenar do recorte de papel.

A decorrer na sala Beijing, com horários das 14h30 às 16h e das 16h30 às 18h, o ateliê destina-se a todos os interessados com mais de 12 anos, alberga um máximo de 20 participantes e tem um custo de 4€ por inscrição. Para participar é preciso marcação prévia até 16 de Janeiro.

Na “véspera” do ano novo chinês, a 22 Janeiro, terá lugar a oficina sobre xilogravuras. Muito utilizadas para decorar as casas, as xilogravuras eram, inicialmente, consideradas como tendo poderes para afastar o mal. Também na Sala Beijing e horários das 14h30 às 16h e das 16h30 às 18h, a oficina destina-se a todas as famílias e crianças com mais de 4 anos, aceita um máximo de 20 participantes por sessão e tem um custo de 4€ por inscrição.

As comemorações contarão ainda com visitas orientadas ao núcleo da China da exposição Deuses da Ásia, nos dias 20 e 23 de Janeiro. Com um horário das 19h às 20h e um custo de 6€ por inscrição, as visitas destinam-se a adultos e aceitam um máximo de 25 participantes.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close