Ambiente

Multinacional desiste de reaver cães resgatados

A norte-americana Marshall Farm, proprietária do criadouro de animais para fins laboratoriais, Green Hill, localizado em Brescia (Itália), desistiu de exigir o regresso de centenas de cães de raça beagle que foram resgatados, em 2012.
Versão para impressão
A norte-americana Marshall Farm, proprietária do criadouro de animais para fins laboratoriais, Green Hill, localizado em Brescia (Itália), desistiu de exigir o regresso de centenas de cães de raça beagle que foram resgatados, em 2012, por mais de 1.000 defensores dos direitos dos animais.

Por Natalia Cesana (da redação da ANDA)
 
As famílias que adotaram os animais podem agora respirar um pouco mais aliviadas e ver afastada a hipótese de devolver os cães à multinacional. Os beagles resgatados entre Maio e Julho do ano passado, numa ação inédita no país que movimentou milhares de cidadãos, permanecem com as famílias adotivas, muito provavelmente, para sempre.
 
O motivo que fez a Marshall desistir de lutar para reaver os animais não foi divulgado. A hipótese avançada pelas associações em defesa dos animais é  de que a marca quererá, assim, por fim à má publicidade a que ficou associada. A notícia do recuo está a ser amplamente divulgada nos meios de comunicação italianos.
 
“A renúncia da Marshall ao recurso é uma grande vitória para o movimento em defesa dos animais, sobretudo para os cães que, lembremos, graças ao sequestro e à concessão de tutela provisória conseguiram finalmente conhecer uma vida digna”, declarou a Entidade Nacional de Proteção Animal (ENPA) em comunicado.
 
“A nossa esperança é que as fases subsequentes do processo judicial deixem claro de uma vez por todas tudo que acontecia dentro deste criadouro, que uma vez individualizada as responsabilidades os autores dos crimes sejam punidos nos termos da lei e que Green Hill seja finalmente fechado”, salienta a ENPA.

“Também esperamos que o próximo Parlamento interprete a vontade da esmagadora maioria dos italianos proibindo de uma vez por todas a presença, no nosso país, de criadouros de animais destinados à experimentação”, acrescenta o comunicado.

[Esta é uma notícia fornecida pela Agência de Notícias de Direito Animal, a parceira do Boas Notícias para assuntos relacionados com o mundo animal]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close