Saúde

Mulher volta a falar após transplante de laringe

Há onze anos que Brenda Charett Jensen, 52 anos, não conseguia falar, devido a danos permanentes no seu aparelho vocal. Contudo, o transplante de laringe a que se submeteu devolveu-lhe a voz, permitindo-lhe respirar e comunicar sem recurso a máquinas
Versão para impressão
[Fotografia: Brenda Jansen e a equipa médica que a operou © Associated Press]

Há onze anos que Brenda Charett Jensen, 52 anos, não conseguia falar, devido a danos permanentes no seu aparelho vocal. Contudo, o transplante de laringe a que se submeteu devolveu-lhe a voz, permitindo-lhe respirar e comunicar sem recurso a máquinas.

O sucesso deve-se a uma equipa internacional de cirurgiões, que em outubro do ano passado realizou a complexa operação em 18 horas, no Centro Médico Davis, da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, após dois anos de estudos. Este é apenas o segundo caso de sucesso registado num transplante de laringe.

“Foi, de longe, o maior desafio enfrentado por esta equipa médica”, revelou Gregory Farwell, líder do grupo de cirurgiões, numa conferência de imprensa. “A paciente refletiu muito acerca desta operação. Correu um risco e isso é prova da sua grande coragem e determinação”, acrescentou.

Além da laringe, foram também transplantadas uma glândula tiróide e uma traqueia, para que a paciente consiga respirar autonomamente.

Brenda perdeu a voz após ter sido hospitalizada em 1998, devido a uma falha renal. Sob o efeito de sedativos, arrancou, repetida e inadvertidamente, o tubo de ventilação que a ajudava a respirar e acabou por danificar gravemente a sua laringe.

A mulher norte-americana viu-se forçada a utilizar um aparelho junto à sua garganta para poder comunicar. O som mecânico que emitia era motivo de troça para muitas pessoas. “Era conhecida como a ´mulher robô`”, confessa Brenda à AFP.

Agora, “cada dia é um novo começo”. Ao reaprender a usar as suas cordas vocais e os seus músculos para operações tão simples como engolir, Brenda não contém o entusiasmo por saber que, em breve, poderá “comer, beber e nadar” novamente.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close