Desporto

Muamba recupera após 78min sem batimento cardíaco

O futebolista da equipa britânica Bolton, Fabrice Muamba, que sofreu uma paragem cardíaca de 78 minutos, está consciente e já é capaz de falar. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirma que a recuperação do jogador é "um milagre".
Versão para impressão

O futebolista da equipa britânica Bolton, Fabrice Muamba, que sofreu uma paragem cardíaca de 78 minutos, está consciente e já é capaz de falar. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirma que a recuperação do jogador é “um milagre”.

Muamba, de 23 anos e natural da República do Congo, entrou em colapso após um ataque cardíaco durante o jogo do Bolton frente ao Tottenham, sábado, em White Hart Lane, numa partida inserida na Taça da Liga Inglesa.

O médico da equipa, Jonathan Tobin, citado pela imprensa inglesa, revela que o jogador ainda está nos cuidados intensivos mas está consciente e consegue falar.

Apesar da evolução  favorável do jogador, o médico contou que o coração de Muamba esteve parado durante 48 minutos antes da sua chegada ao hospital e 30 minutos depois de dar entrada no London Chest Hospital. Só ao fim de 15 choques de desfibrilhador é que o coração de Muamba voltou a funcionar.

A causa da paragem cardíaca ainda não foi detetada. Os médicos afirmam que Muamba tinha feito exames de rotina ao coração em Agosto e que os resultados não indicaram problemas.

Um milagre

Comentando o caso, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse esta quinta-feira que a recuperação do jogador se trata de “um milagre”.

“É um milagre. Recebi uma chamada do presidente do Bolton (Phil Gartside) e foi uma conversa muito emotiva. Como ele disse, de vez em quando existem forças que não podem ser explicadas”, disse o dirigente durante o Congresso da Uefa, em Istambul.

Também Andrew Deaner, um cardiologista que se encontrava nas bancadas do estádio e correu para o relvado a fim de ajudar a socorrer o futebolista, classificou o facto de Muamba estar vivo como “um milagre”.

“Se querem usar o termo ‘milagre’, acho que pode ser usado neste caso”, Sublinhou ao jornal Daily Telegraph.

[Notícia sugerida por Catarina Alves e Sofia Baptista]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close