Desporto

Motas: Português vence etapa do Mundial

Pela primeira vez na história, o hino nacional soou no Campeonato do Mundo de Velocidade, devido à vitória do português Miguel Oliveira. A conquista ocorreu este domingo, em Mugello, Itália, num dos circuitos mais emblemáticos do Mundo para o motocic
Versão para impressão
Pela primeira vez na história, o hino nacional soou no Campeonato do Mundo de Velocidade, devido à vitória do português Miguel Oliveira. A conquista ocorreu este domingo, em Mugello, Itália, num dos circuitos mais emblemáticos do Mundo para o motociclismo desportivo. 
 
Miguel Oliveira mostrou-se feliz e emocionado em palco, numa corrida renhida na qual os cinco primeiros cortaram a meta com um intervalo de apenas dois décimos de segundo, revela a Federação de Motociclismo Portugal em comunicado de imprensa. 
 
O português teve sorte quando, logo à segunda volta, um grupo de oito pilotos escapou à concorrência. Ele estava mais atrás, mas na dianteira, a luta sobrepunha-se a qualquer tentativa de fuga organizada, pelo que a recolagem por parte do português se tornou possível.
 
Foi na 9.ª volta, quase a meio da corrida, composta por 20 voltas, que Miguel Oliveira conseguiu assumir pela primeira vez, ao longo da corrida, a liderança da prova. A partir desse momento, a prova foi comandada pelo português.
 
No entanto, à entrada para a última volta a concorrência atacou forte, fazendo com que Miguel Oliveira recuasse até ao 4.º posto. Mas o motociclista português conseguiu recuperar a sua posição, ultrapassando os seus rivais um por um. “Na última curva estava muito forte”, comentou o protagonista.
 
O segundo lugar pertenceu a Danny Kent, que ficou a 27 milésimos de segundo do português e em terceiro lugar ficou Romano Fenati, a 127 milésimo de segundo. 
 
Esta vitória permitiu com que Miguel Oliveira ascendesse ao 4.º posto na classificação geral do Campeonato, fazendo renascer novas esperanças para o motociclista português, apesar do avanço significativo que o britânico Danny Kent já apresenta. 
 
No entanto, esta foi apenas a sexta jornada do Campeonato do Mundo de Velocidade e tudo está em aberto. A próxima competição ocorrerá no próximo dia 14 de Junho na Catalunha, num circuito que o motociclista português já conhece muito bem, o que poderá fazer com que a bandeira de Portugal se erga no mastro mais alto, ao som do hino nacional.

Esta vitória é um dos pontos mais altos da carreira do piloto, que começou a competir em 2004, sendo que no ano seguinte à sua estreia, o português venceu o Troféu Mini GP. 
 
A partir daí, e ainda muito jovem, passou a ser frequentador assíduo dos circuitos espanhóis, ganhando crescente maturidade competitiva no confronto com os melhores valores da sua geração. Depois, em 2011, iniciou a saga no Mundial que culmina com o seu primeiro triunfo, na classe Moto3, aos 20 anos de idade.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close