Cultura

“Morrer como um homem” é candidato aos Óscares

O filme "Morrer como um homem", de João Pedro Rodrigues, é o candidato de Portugal a uma nomeação para o Óscar de melhor filme estrangeiro, anunciou ontem, terça-feira, o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA).
Versão para impressão
O filme “Morrer como um homem”, de João Pedro Rodrigues, é o candidato de Portugal a uma nomeação para o Óscar de melhor filme estrangeiro, anunciou ontem, terça-feira, o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA).

“Morrer como um homem”, de acordo com o canal online TVI24, foi escolhido entre o leque de filmes de produção portuguesa que estrearam comercialmente entre outubro de 2009 e setembro de 2010.

Este ano, “Morrer como um homem” foi distinguido como o melhor filme do Festival Internacional de Cinema Independente de Buenos Aires, na Argentina, e do Festival Gay e Lésbico Mezipatra, da República Checa.

Esta é a terceira longa-metragem de João Pedro Rodrigues e teve estreia mundial em 2009 no festival de cinema de Cannes. A partir do percurso do travesti Ruth Bryden, o filme retrata a vida da personagem Tonia, um travesti veterano dos espectáculos de “drag queen” de Lisboa que vê as suas convicções pessoais a serem questionadas num relacionamento amoroso.

A escolha de “Morrer como um homem” para uma nomeação para os Óscares acontece nas vésperas de João Pedro Rodrigues ser homenageado com uma retrospetiva nos EUA, marcada para outubro.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close