Oliveira, German Moto2 2018
Desporto Em Destaque

Miguel Oliveira oblitera mais 11 posições para terminar em 4º na Alemanha

Piloto português protagoniza mais uma extraordinária recuperação, reduzindo para 7 pontos a distância para a liderança do Campeonato
Versão para impressão

Miguel Oliveira voltou a impressionar a comunidade amante de motociclismo. O piloto luso da Red Bull KTM Ajo que saiu ontem, da 15ª posição da grelha fez um magnífico arranque e ainda na primeira curva do circuito de Sachsenring, na Alemanha, era já 9º. Na disputa pela 8ª posição, a multidão de pilotos inicial fê-lo sofrer um toque por parte de Xavi Vierge, que o atirou para 11º, mas rapidamente Miguel Oliveira iniciou uma série de recuperações como nos tem habituado, imprimindo um fortíssimo andamento em direção às posições dianteiras.

A bravura e a perseverança do piloto português rapidamente o colocam na luta pelo 7º posto com Alex Marquez, numa altura em que coincidentemente se registam quedas de dois pilotos que seguiam na frente de Miguel Oliveira. O piloto português continuou a trilhar caminho, com o seu extraordinário ritmo de corrida e consegue entrar na disputa pelo 5º lugar com Sam Lowes, ainda quando faltavam 14 de 28 voltas para a bandeira de xadrez. A rodar consistentemente nos baixos 1min25s, Miguel Oliveira ultrapassa o piloto inglês e inicia entretanto marcha para batalhar pela 4ª posição com o alemão Marcel Schrotter. A 10 voltas do final, Miguel Oliveira segura o 4º lugar e escapa-se até ao trio que encabeça a corrida. Consegue encurtar a distância com a sua mestria habitual para este grupo, mas cruza a bandeira axadrezada na mesma posição, depois de ter obliterado 11 posições no total no traçado de Sachsenring.

Miguel Oliveira ruma agora para umas curtas férias de verão, levando na bagagem a consolidação do seu 2º lugar na geral do campeonato, com 141 pontos, a apenas 7 pontos do líder Francesco Bagnaia.

“Foi uma corrida muito difícil, mas foi uma pena não ter conseguido chegar ao grupo da frente, porque senti-me bem. Queria um pódio, e foi por isso que lutei pela 3ª posição até às últimas voltas, mas ficámos um pouco aquém. Estou muito contente com este resultado, especialmente em termos do título, porque reduzimos a distância para o líder. Agora estamos a 7 pontos e isso dá-nos muita motivação para continuarmos a trabalhar quando regressarmos da pausa de verão”, afirmou o piloto português.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close