Cultura

Metro do Porto distinguido pela Universidade de Harvard

O Metro do Porto é um dos dois projetos premiados na 11ª edição do prémio "Veronica Rudge Green Prize", atribuído pela escola de design da universidade norte-americana de Harvard. Este importante galardão em design urbano vai ser atribuído na terça-f
Versão para impressão
O Metro do Porto é um dos dois projetos premiados na 11ª edição do prémio “Veronica Rudge Green Prize”, atribuído pela escola de design da universidade norte-americana de Harvard. Este importante galardão em design urbano vai ser atribuído na terça-feira, em Cambridge, Massachusetts (EUA).

Fonte da organização do prémio disse ao Boas Notícias que, para esta edição, foram nomeados cerca de 100 projetos de todo o mundo. Esta é a primeira vez, desde o arranque do “Veronica Rudge Green Prize”, que são premiados dois projetos em exaqueo.

No site da universidade de Harvard, relativamente ao projeto Metro do Porto, o júri destaca o potencial desta infraestrutura de mobilidade, “cuidadosamente planeada e executada para transformar a cidade e a região”.

 
O júri elogia também o arquiteto Eduardo Souto Moura, prémio Pritzker 2011, que coordenou a equipa de projetistas responsáveis pela inserção urbana do metro em diferentes locais da Área Metropolitana do Porto.

“O Metro do Porto exibe uma generosidade em relação à esfera pública que é fora do comum nas infraestruturas contemporâneas. A capacidade de Souto de Moura e da sua equipa em negociar uma míriade de limitações tecnicas e administrativas faz com que este seja, verdadeiramente, um projeto de design urbano impressionante”, lê-se no site dos prémios.

Além do Metro do Porto, a 11ª edição dos Green Prize distinguiu o projeto autárquico Proyecto Urbano Integral (PUI), desenvolvido na cidade de Medellín (Colombia). O prémio reconhece a liderança do arquiteto Alejandro Echeverri e o papel da agência Empresa de Desarrollo Urbano (EDU), que garantiu a execução desta iniciativa.

O PUI é um projeto de design social que tem vindo a criar várias soluções (por exemplo meios de transporte mais eficientes e soluções de habitação económicas) para combater as condições de pobreza extrema em que vivem cerca de 170 mil habitante de Medellín.

Os dois prémios vão ser atribuídos na próxima terça-feira à tarde, numa cerimónia na sede da Graduate School of Design, em Cambridge. O evento inclui a inauguração de uma exposição sobre os dois projetos premiados.

Clique AQUI para saber mais sobre este prémio.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close