Negócios e Empreendorismo

Merendas portuguesas a caminho de Angola e dos EUA

Há uma nova ideia de negócio portuguesa prestes a atravessar fronteiras e a conquistar novos mercados. Desta vez é a cadeia de restauração Merenda Portuguesa que espera abrir cinco novas unidades em 2014 e tem vindo a receber manifestações de interes
Versão para impressão
Há uma nova ideia de negócio portuguesa prestes a atravessar fronteiras e a conquistar novos mercados. Desta vez é a cadeia de restauração Merenda Portuguesa que espera abrir cinco novas unidades em 2014 e tem vindo a receber manifestações de interesse para expandir o conceito para Angola e para os EUA.
 
Detida pela empresa Menu Pão, a mesma dispões de diferentes tipos de refeição à base de pão. A ideia surgiu, em 2012, tendo em conta a “necessidade de as pessoas terem uma refeição prática, que possa ser entregue no trabalho e onde o pão seja o prato e o acompanhamento”. 
 
Paulo Cruz, diretor da marca, decidiu pô-la em prática logo no ano seguinte, tornando esta aposta em refeições tipicamente portuguesas numa patente registada. Em Novembro de 2013, o investimento, que rondou os 100.000 euros, resultou na abertura de uma unidade do Centro Comercial Colombo, em Lisboa.
 
A mesma conta, atualmente, com 12 trabalhadores, mas o plano de expansão da empresa para 2014 prevê a abertura de cinco novos espaços, num investimento de 600.000 euros que irá possibilitar a criação de 12 postos de trabalho.
 
“A expectativa era ter duas a três lojas próprias e depois avançar para o franchising”, conta o responsável à Lusa, acrescentando que a empresa está a preparar um dossiê que sirva de base aos futuros franchisados. Neste momento, há “interessados para três unidades no Norte do país, como também no Algarve” e ainda manifestações de interesse para alargar o conceito “para os EUA, nomeadamente Washington e Angola”. 
 
Para já, “o objetivo imediato passa por consolidar a unidade do Colombo”, até porque a Menu Pão, apesar de querer exportar o negócio, tem como prioridade de aposta no mercado português.
 
Segundo as estimativas da empresa, a faturação de uma unidade Merenda Portuguesa deverá rondar os 400.000 a 450.000 euros no final de um ano de operação. “As nossas perspetivas são de que, ao fim de três meses, se atinja um número de vendas que permita começar a rentabilizar o negócio”.

Conheça melhor a 'Merenda Portuguesa' AQUI.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close