Sociedade

Menos “chumbos” a Português e Matemática

As taxas de reprovação nos exames do ensino secundário baixaram a Português e Matemática, de acordo com um anúncio feito esta segunda-feira pelo Ministério da Educação e Ciência.
Versão para impressão
As taxas de reprovação nos exames do ensino secundário baixaram a Português e Matemática, de acordo com um anúncio feito esta segunda-feira pelo Ministério da Educação e Ciência.
 
Os dados da primeira fase – que este ano foi obrigatória – mostram que a taxa de reprovação a Português, a prova feita pelo maior número de alunos (mais de 72 mil) desceu de 10% em 2011 para 8% este ano.
 
Considerando-se apenas os resultados dos alunos internos, que frequentam as aulas da disciplina ao longo de todo o ano, a média da prova subiu de 9,6 para 10,4. A mesma subida verificou-se, também, considerando-se a globalidade dos alunos, tendo sido observado um aumento da média de 8,9 para 9,5.
 
Quanto à Matemática A, uma prova feita por mais de 49 mil alunos, a taxa de reprovação baixou de 20% para 15% em comparação com o ano passado. Pelos resultados dos alunos internos, a média, porém, desceu de 10,6 para 10,4 este ano. A média global, por seu lado, desceu de 9,2 para 8,7.
 
Saliente-se que na Matemática para as Ciências Sociais e no exame de Matemática B os resultados foram menos animadores: na prova da primeira disciplina, prestada por mais de nove mil alunos, houve uma subida de 9% para 10% na taxa de reprovações; na segunda, a taxa de reprovações subiu consideravelmente, de 11% para 21%.
 
O Ministério da Educação e Ciência destacou a “relativa estabilidade” dos resultados das provas no Secundário, corrigidas por um total de 6.806 professores. Dos 362.414 alunos inscritos, 324.048 fizeram as provas na primeira chamada para 25 disciplinas. 

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close