Sociedade

Menos açúcar e sal nos cereais para crianças

A Nestlé e a General Mills vão cortar as percentagens de açúcar e sal nos cereais de pequeno-almoço destinados à criança e comercializados em conjunto fora da América do Norte.
Versão para impressão
A Nestlé e a General Mills vão cortar as percentagens de açúcar e sal nos cereais de pequeno-almoço destinados à criança e comercializados em conjunto fora da América do Norte. A medida insere-se nas recentes tentativas de várias companhias alimentares em dar resposta às preocupações com a saúde.
 
De acordo com a agência Reuters, as duas empresas formam uma “joint venture” desde 1990 para vender as marcas de cereais da Nestlé – como é o caso dos Cheerios ou das Estrelitas – em mais de 140 países fora dos EUA e do Canadá, mercados que geram cerca de metade do total de 25 mil milhões de dólares de receitas.
 
As marcas comprometem-se, agora, a reformular 20 marcas de cereais populares entre as crianças e adolescentes até 2015, aumentando os cereais integrais e o cálcio, apontando para reduções médias de 24% na quantidade de açúcar e de 12% na de sódio. 
 
Segundo a Nestlé e a General Mills, esta reformulação deverá afetar cerca de 5,3 mil milhões de porções de cereais vendidas anualmente. 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close