Mundo

Menino raptado há oito anos volta para a família

Miguel tinha apenas oito meses quando foi raptado, em 2004, no Texas, pela sua ama que é também a sua madrinha. Agora, oito anos depois, vai voltar para junto da sua família biológica que vive na cidade de Houston.
Versão para impressão
Miguel tinha apenas oito meses quando foi raptado, em 2004, no Texas (EUA), pela sua ama que é também a sua madrinha. Agora, oito anos depois, vai voltar para junto da sua família biológica que vive na cidade de Houston.

Quando denunciaram o desaparecimento do filho, em 2004, os pais apontaram a raptora – Krystle Tanner, de 26 anos – como suspeita. No entanto, a falta de provas acerca do seu paradeiro levou as autoridades a encerrar o caso dois anos depois.

Foi graças a uma denúncia de mãos tratos e negligência, apresentada no Verão passado contra Tanner e o namorado, que a polícia acabou por localizar a criança. Na altura, Krystle Tanner deu uma explicação confusa relativamente ao parentesco do rapaz, afirmando que apenas estava a tomar conta dele.

Image and video hosting by TinyPicEm Janeiro, a polícia colocou Miguel na lista de crianças desaparecidas e abriu uma nova investigação. No entanto, o seu caso estava arquivado o que dificultou o trabalho da polícia. Entretanto, Tanner foi identificada como suspeita de rapto, na queixa apresentada pela família em 2004, e as autoridades acabaram por identificar a criança. Tanner está neste momento detida, sem direito a caução.

[Foto de Miguel Morin em bebé divulgada no site de pessoas desaparecidas www.forthelost.org]

A mãe do rapaz, Auboni Champion-Morin, disse à estação televisiva KPRC que o seu filho volta para junto da família ainda esta semana. “Quero abraçá-lo e dizer-lhe quem sou”, disse Champion-Morin, que vive em Houston. “Espero que ele sinta por mim o que eu sinto por ele”, acrescentou.

Por precaução, e embora estejam certas da identidade da criança, será ainda realizado um teste de ADN. As autoridades informaram também que a família vai receber acompanhamento e apoio psicológico

[Notícia sugerida por Sofia Baptista e Elsa Martins]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close