Lifestyle

Melhores produtores de vinho do mundo são portugueses

Portugal tem os dois melhores produtores de vinho do mundo, segundo a Associação Mundial de Jornalistas e Escritores de Vinhos e Licores (WAWWJ), que destacou a Sogrape (1.º) e a Casa Santos Lima (2.º) como os melhores produtores de 2016.
Versão para impressão
Portugal tem os dois melhores produtores de vinho do mundo, segundo a Associação Mundial de Jornalistas e Escritores de Vinhos e Licores (WAWWJ). A Sogrape está no topo da lista dos melhores produtores de 2016 e a Casa Santos Lima vem logo em 2.º lugar.

No ano passado, a Sogrape, que lidera a classificação mundial, arrecadou 206 prémios somando, assim, para a WAWWJ, um total de 4.441 pontos. Segue-se a Casa Santos Lima com 138 prémios conquistados e 2.630 pontos.

O Ranking Mundial de Vinhos e Licores 2016 considerou as pontuações de cada produtor em 75 provas internacionais (sendo que só contaram os concurso em que participaram mais de cinco países), com a mais importante (Vinalies Internationales, em França) a valer 9 pontos. As provas de menor incidência internacional valiam apenas 4.5 pontos.

Os resultados são relativos a 2015 e cada concurso avaliado pela WAWWJ deve estar sujeito a auditoria e controlo legal que justifique a clareza dos seus resultados.

O Top 100 da Classificação Mundial inclui outros nove produtores portugueses, cinco dos quais nos primeiros 50 produtores mundiais.

Portugal no Top 5 Mundial, sempre a subir

Com estes valores, Portugal vem ocupar a 5.ª posição da classificação mundial de países. Em 2015, o nosso país conquistou 2.979 prémios nos 20 concursos onde participou, obtendo 52.457 pontos.

Portugal conquistou ainda 22 selos de Vinhos do Ano, com o Sandeman Porto Tawny 40 Anos a levar a distinção de melhor vinho português do WRWS 2016. Este vinho arrecadou sete prémios em sete concursos, obtendo 232 pontos.

O desempenho superou ainda o do ano anterior (relativo a 2014), em que Portugal obteve 2.032 prémios (22 concursos; 40.876 pontos).

Também a Sogrape foi considerada a melhor produtora naquele ano (146 prémios; 11 concursos; 3282 pontos), enquanto que o melhor vinho português foi o Casa Ermelinda Freitas Cabernet Sauvignon 2011 (vinho regional da península de Setúbal), com sete prémios em sete concursos (161 pontos).

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close