Cultura

Matosinhos: Escola de Design recusa pele animal

A Escola Superior de Artes e Design (ESAD) de Matosinhos vai assinar, quinta-feira, uma Declaração de Compromisso Ético, na qual se assume contra a utilização de pêlo e pele de animais como matéria-prima para a produção de moda.
Versão para impressão
A Escola Superior de Artes e Design (ESAD) de Matosinhos vai assinar, quinta-feira, uma declaração pública pela não utilização de pêlo e pele de animais como matéria-prima para a produção de moda. A declaração é assinada durante a Semana Aberta da ESAD, altura em que a instituição abre as portas ao público em geral.
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a ESAD refere que, “em pleno século XXI, com uma imensa variedade de materiais tecnologicamente evoluídos à disposição, não faz sentido que um designer de moda” recorra “à continuação do sacrifício inútil e cruel de centenas de milhares de seres sensíveis à dor”.
 
“Este compromisso, que abrange toda a licenciatura de design de moda, reunindo um amplo consenso entre os seus corpos docente e discente, é tomado de forma pública, testemunhado pelos presentes e pelos representantes da defesa animal”, acrescenta a escola.
 
A declaração tem o apoio de toda a Licenciatura de Design de Moda, reunindo um consenso entre o corpo docente e os alunos, e será assumida de forma pública, testemunhado pelos presentes e pelos representantes da defesa animal.

[Notícia sugerida por Diana Rodrigues]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close