Negócios e Empreendorismo

Marca de móveis portuguesa abre loja na Arábia Saudita

A Frato, marca portuguesa de mobiliário de luxo, foi convidada pela princesa da Arábia Saudita a integrar um luxuoso projeto comercial. A Frato vai ser a única das 14 marcas com direito a um espaço próprio dedicado, numa loja de 100m2.
Versão para impressão
A Frato, marca portuguesa de mobiliário de luxo, foi convidada pela princesa da Arábia Saudita a integrar um luxuoso projeto comercial. A Frato vai ser a única das 14 marcas com direito a um espaço próprio dedicado, em Riade, numa loja de 100m2 que deverá abrir já em Junho.
 
Depois do convite do Harrods, a marca portuguesa de mobiliário de luxo, recebe agora o convite da princesa da Arábia Saudita para participar neste projeto comercial.
 
“Será a nossa primeira loja no Médio Oriente e, eventualmente, esta parceria poderá, no futuro, ser estendida a outros espaços, quer na própria Arábia Saudita, quer noutros países do Médio Oriente”, revela Carlos Faria Santos, responsável da Frato, em comunicado de imprensa.
 
Segundo este responsável, a Frato espera que o volume de negócios neste luxuoso projeto atinja 1 milhão de euros em 2015, embora os objetivos para 2015 passem também por duplicar o número de lojas Frato em todo o mundo.
 
“Esta é já a nossa terceira loja, sendo que a primeira abriu em Singapura há dois anos, a segunda abriu o mês passado no Harrods em Londres. Atingimos assim os objetivos para 2014 a nível de abertura de espaços comerciais”, conclui Carlos Faria Santos.
  
A Frato Interiors, com sede na Maia, é uma empresa portuguesa, que desenvolve soluções e projectos integrais de interiores, destinada a um público-alvo de segmento elevado.

Empresa exporta 98% da produção
 
Toda a produção da Frato é feita em Portugal, exportando 98 por cento da sua produção. Atualmente, a empresa exporta para 47 países e conta com uma carteira de clientes – como a Família Real da Arábia Saudita, cadeias hoteleiras, como o Marriot ou o Four Seasons – e um elevado número de arquitetos e decoradores de interiores internacionais.
 
O maior mercado da exportação é Inglaterra onde a 01 de Fevereiro abriu a primeira loja no Harrods, com um espaço no 3º piso de 200m2 e cujas vendas deverão ascender a 2 milhões de euros já em 2014.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close