Saúde

Malária: Mosquiteiros distribuídos na Guiné-Bissau

NULL
Versão para impressão
O Governo da Guiné-Bissau e a UNICEF lançaram esta segunda-feira uma campanha nacional de distribuição de mosquiteiros banhados com inseticidas. A iniciativa insere-se na luta contra a malária, a principal doença que afeta o país.

A agência Lusa avança que mais de 200 mil famílias guineenses irão receber 900 mil mosquiteiros impregnados – isto é, banhados com inseticidas – até ao final da semana para tentar combater uma enfermidade que, segundo o ministro guineense da Saúde, constitui uma “calamidade nacional” na Guiné-Bissau.

Esta campanha de distribuição gratuita rege-se pelo lema “Juntos podemos conseguir mais” e pretende sensibilizar as pessoas para uma utilização correta e continuada dos mosquiteiros de modo a reduzir a incidência da doença.

Geoff Wiffen, representante da UNICEF no país, afirmou que a situação é muito preocupante porque “perto de metade das famílias guineenses não tem mosquiteiros impregnados nos seus lares”, segundo dados do último inquérito aos indicadores múltiplos conduzido pelo Governo.

Só em 2010 a malária afetou mais de 140 mil guineenses. O grande objetivo continua a ser reduzir estes números e esta é mais uma das tentativas nesse sentido. Os mosquiteiros foram comprados no âmbito do Fundo Global para o combate à Malária, Tuberculose e SIDA, correspondendo a um investimento de 5,1 milhões de euros.

O Fundo Global é financiado por diversos países, entre eles Portugal, Espanha, França, Reino Unido, Estados Unidos e Japão.
 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close