Ambiente

Mais patentes “verdes” em Portugal

Desde 2007, o número de projetos "verdes" patenteados em Portugal aumentou exponencialmente. Nos últimos anos, o número de patentes portuguesas amigas do ambiente aumentou cinco vezes, de acordo com dados oficiais.
Versão para impressão
Desde 2007, o número de projetos “verdes” patenteados em Portugal aumentou exponencialmente. De acordo com dados oficiais, nos últimos anos, o número de patentes portuguesas amigas do ambiente aumentou cinco vezes.

Segundo o Instituto de Patentes Europeu – cujos dados foram compilados por investigadores do Sustainability Knowledge Center do ISCTE – entre 2007 e 2011, Portugal registou, em média, 21,6 patentes que têm em conta necessidades ambientais.

O número de patentes “verdes” portuguesas – registadas tanto em institutos de patentes nacionais como internacionais – subiu, assim, cinco vezes face à época entre 2000 e 2006, altura em que foram contabilizados, em média, 4,6 registos anuais.

Na definição da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico), estas patentes têm em conta a gestão de resíduos, a redução de poluição, as energias renováveis, meios de transporte híbridos ou elétricos ou a eficiência energética.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close