Ambiente

Mais nenhum animal será abatido na Póvoa de Varzim

A Póvoa de Varzim vai deixar de abater animais que são recolhidos da rua. A autarquia estabeleceu um protocolo com a associação 'A Cerca - Abrigo dos Animais Abandonados' que vai passar a acolher os animais em excesso no canil municipal.
Versão para impressão
A Póvoa de Varzim vai deixar de abater animais que são recolhidos da rua. A autarquia estabeleceu um protocolo com o abrigo 'A Cerca' que vai passar a acolher os animais em excesso no canil municipal.
 
A medida foi aprovada, este mês, numa reunião de câmara durante a qual o presidente da autarquia, Aires Pereira, explicou que o Canil Municipal da Póvoa de Varzim "não tem capacidade para todos os animais que são recolhidos da via pública pelo que, infelizmente, era necessário recorrer à eutanásia" de cerca de 80 animais por ano. 

Com esta parceria, estas vidas serão poupadas já que, desta forma, estes animais terão a oportunidade de encontrar uma família que os adote. 

No âmbito da parceria ficou acordado que 'A Cerca', associação localizada em S. Pedro de Rates, fará a recolha dos animais , após o período legal de manutenção em Canil, providenciando a oportunidade de serem adotados. 

Em troca, a Câmara Municipal vai atribuir à associação uma verba anual de 20 mil euros para colaborar nas despesas médico-veterinárias, de alimentação, de limpeza, higiene e manutenção do edifício.

Notícia sugerida por André Luís

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close