Sociedade

Mais de quatro milhões de pilhas a favor do IPO

A Ecopilhas conseguiu recolher, nas últimas semanas de 2012, mais de 4 milhões de pilhas e baterias usadas. O número histórico vai permitir a doação de uma torre de endoscopia ao bloco operatório do IPO Lisboa.
Versão para impressão
A Ecopilhas conseguiu recolher, nas últimas semanas de 2012, mais de 4 milhões de pilhas e baterias usadas. O número histórico, alcançado graças à colaboração de muitos cidadãos e instituições, vai permitir a doação de uma torre de endoscopia ao bloco operatório do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa. 
 
O 4º Peditório Nacional de Pilhas e Baterias a favor do IPO, cujo objetivo é sensibilizar para a importância da recolha seletiva de pilhas e baterias e da luta contra o cancro, permitiu aos cidadãos e a diversas entidades entregar estes resíduos nos 16.000 pilhões espalhados por superfícies comerciais, escolas, hospitais, hotéis, empresas e ecopontos e, assim, ajudar uma boa causa.
 
De acordo com Eurico Cordeiro, diretor-geral da Ecopilhas, este peditório “é uma das principais iniciativas de responsabilidade da Ecopilhas”. O responsável considerou “absolutamente extraordinário” o “empenho de milhares de cidadãos e instituições na campanha”, que permitiu que fossem ultrapassadas todas as expetativas.
 
O diretor-geral desta empresa, sem fins lucrativos, que recicla todas as pilhas e baterias usadas colocadas no pilhão, salientou ainda a importância do embaixador deste ano da iniciativa, o apresentador José Carlos Malato, cuja ajuda classificou como tendo sido “determinante” para a sua divulgação.  
 
A campanha foi divulgada em vários suportes de comunicação, como rádio e outdoors, e esteve também presente, pela primeira vez, no Facebook, através da página da Ecopilhas naquela rede social.
 
Já no final de 2011, como o Boas Notícias avançou à data, a Ecopilhas tinha conseguido recolher três milhões de unidades de pilhas e baterias, um número que também reverteu para o apoio ao IPO Lisboa.
 
À semelhança do que aconteceu nesse ano, também em 2012, ano em que foi, então, batido um recorde, a campanha contou com o apoio da cadeia de supermercados LIDL, que disponibilizou as suas lojas para divulgação e recolha.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close