Fitness & Bem-estar

Macau: NY Times destaca espaços e projetos lusos

Numa viagem de 36 horas por Macau, a Mercearia Portuguesa é apontada como um dos "locais imperdíveis" pelo New York Times, na secção "Travel" num artigo publicado no final de Novembro.
Versão para impressão

Numa viagem de 36 horas por Macau, a loja Mercearia Portuguesa,  o estúdio de design português Lines Lab e o restaurante Espaço Lisboa são apontados como locais a não perder pelo New York Times (NYT), num artigo publicado no final de Novembro na secção de viagens.

Numa breve viagem por Macau – cidade descrita, no artigo, como uma antiga colónia portuguesa “desembaraçada e exibicionista” que vive num “perpétuo frenesim” – alguns dos pontos de visita obrigatórios, para a jornalista Jeanine Barone, são referências portuguesas.

Casinos, bungee jump em arranha-céus, ondas de surf em piscinas construídas nos telhados dos prédios, galerias de arte, dragões multimédia que surgem no meio do nevoeiro, montanhas e praias. O ritmo, a diversidade e até a natureza daquela região administrativa chinesa fascinaram a jornalista do NYT, que recomendou também, no seu percurso, a visita a diversos locais com selo português.
 
Jeanine Barone recomenda, por exemplo, a visita à Mercearia Portuguesa onde é possível encontrar “azulejos pintados à mão” e “jóias de filigrana”. No mesmo bairro, a jornalista refere o estúdio de design Lines Lab, dos portugueses Clara Brita e Manuel Correia da Silva, onde se criam “malas, roupas e móveis com design inovador”.

No seu roteiro pela antiga colónia, a autora sugere ainda o Restaurante Espaço Lisboa “um bastião da gastronomia portuguesa”, elogiando “as amêijoas em vinho branco, alho e coentros, ou o arroz de marisco carregado de camarões, mariscos e tamboril”, sendo que, destaca a autora, um almoço para dois ficará em cerca de 300 patacas (perto de 30 euros).

O artigo no New York Times dá, assim, destaque à herança portuguesa revelando que, embora já não seja um território português, Macau ainda mantém a ligação com o nosso país.
  
A Mercearia Portuguesa – um projeto da atriz portuguesa Margarida Vila-Nova e o cineasta Ivo Ferreira que leva um pouco de Portugal até Macau – completou no dia 22 de Novembro o seu primeiro ano de existência.

Clique AQUI para aceder ao artigo no New York Times (em inglês).

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close