Sociedade

Lx com memorial às vítimas das guerras coloniais

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a criação de um memorial de homenagem permanente a todas as vítimas das guerras coloniais. A proposta foi aprovada por todos os partidos da autarquia, à excepção do CDS que se absteve.
Versão para impressão

[Foto: Wikipedia]

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a criação de um memorial de homenagem permanente a todas as vítimas das guerras coloniais. A proposta foi aprovada por todos os partidos da autarquia, à excepção do CDS que se absteve.

A localização do memorial deverá ser na zona do Cais da Rocha do Conde de Óbidos/Alcântara, local simbólico de onde partiram as tropas portuguesas. O projeto deverá ficar a cargo de um artista nacional e a Associação dos Deficientes das Forças Armadas deverá ser consultada durante o processo.

A proposta foi apresentada pelo Partido Comunista Português e mereceu a aprovação dos restantes partidos à excepção da abstenção do CDS-PP. De acordo com a moção apresentada, as guerras coloniais “deixaram profundas marcas e traumas nos cidadãos que nelas cumpriram o serviço militar, ao ponto de lhes retirar qualidade de vida pessoal e profissional”.

Por essa razão cabe ao país “reconhecer o direito à reparação moral que assiste aos deficientes das Forças Armadas”, devendo a cidade de Lisboa colocar-se na “linha da frente desse tributo.”

Mais de 8000 militares perderam a vida

Segundo informação recolhida na “Resenha Histórico-Militar das Campanhas de África 1961-1973”, durante os 13 anos de guerra colonial registou-se um total de 8.290 mortos entre as tropas portuguesas nas três frentes de combate: Angola 3.250, Moçambique 2.962 e Guiné 2.070.

Para homenagear todos aqueles que combateram nas Guerras do Ultramar foi erguido no Forte do Bom Sucesso, em Belém, Lisboa, o Monumento Nacional aos Combatentes do Ultramar, que teve a sua inauguração no dia 15 de Janeiro de 1994.

Em 5 de Fevereiro de 2000 o Monumento Nacional aos Combatentes do Ultramar foi completado com a instalação de lápides com nomes de combatentes que perderam a vida nas três frentes da Guerra Colonial.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close