Cultura

Locarno: Filme português com estreia mundial na Suíça

O filme "Se eu fosse ladrão... Roubava" vai ter estreia mundial em Agosto, no Festival de Cinema de Locano, na Suíça. Trata-se do último filme do realizador português Paulo Rocha, deixado incompleto devido à sua morte em Dezembro do ano passado.
Versão para impressão
O filme “Se eu fosse ladrão… Roubava” vai ter estreia mundial em Agosto, no Festival de Cinema de Locano, na Suíça. Trata-se do último filme do realizador português Paulo Rocha, deixado incompleto devido à sua morte em Dezembro do ano passado.
 
O anúncio foi feito pela organização do festival, que divulgou esta sexta-feira o cartaz completo para a 66ª edição do evento cinéfilo. De 7 a 17 de Agosto, o festival vai exibir outras sete produções portuguesas, estando a de Paulo Rocha fora de concurso.
 
“Se eu fosse ladrão… roubava” foi rodado em 2011 com Isabel Ruth e Márcia Breia no elenco. A película não chegou a ser concluída devido à morte do realizador, a 29 de Dezembro de 2012, aos 77 anos.
 
O argumento ficou a cargo de Regina Guimarães, João Carlos Viana e de Paulo Rocha, a partir de histórias e memórias do realizador. A montagem e edição foram mais uma vez assinadas por Edgar Feldman, que trabalhava com o cineasta desde a década de 90.
 
No festival de Locarno será ainda prestado um tributo ao realizador, com a exibição das longas-metragens “Os verdes anos” (1963), premiado com a medalha de prata na edição de 1964, e “Mudar de Vida” (1966).

Um festival suíço repleto de cinema português

A edição do Festival de Locarno deste ano irá contar com uma forte presença da cinematografia nacional. “E agora? Lembra-me” é um dos que integra a competição a nível internacional.

Realizado e protagonizado por Joaquim Pinto, o filme faz uma “reflexão aberta e eclética no tempo e na memória, sobre epidemias e globalização, sobre a sobrevivência além de todas as expectativas, a dissidência e o amor absoluto”.
 

Na secção Pardi di Domani está também a curta-metragem “Versailles”, de Carlos Conceição, com Isabel Ruth e João Arrais no elenco.
 
Já fora de concurso, vão ser exibidas as curtas-metragens “Mahjong” e “O Corpo de Afonso”, ambos de João Pedro Rodrigues, sendo que a segunda integra o ciclo “Histórias de Guimarães” feito a convite da Capital Europeia da Cultural 2012.

Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close