Cultura

Lisboa: Noite de Fados vai apoiar doentes com cancro

A União Humanitária dos Doentes com Cancro (UHDC), associação que presta serviços gratuitos a doentes oncológicos e que assinala, este mês, o seu 15.º aniversário, organiza, no próximo dia 11 de Abril, uma noite de fados solidária em Lisboa.
Versão para impressão
A União Humanitária dos Doentes com Cancro (UHDC), associação que presta serviços gratuitos a doentes oncológicos e que assinala, este mês, o seu 15.º aniversário, organiza, no próximo dia 11 de Abril, uma noite de fados solidária para angariação de fundos na Casa do Alentejo, em Lisboa.
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a UHDC informa que o bilhete custa 10 euros e que o valor reverte, na sua totalidade, para ajudar a associação a financiar o seu trabalho, assegurando aos doentes e aos seus familiares a prestação gratuita de apoios e serviços.
 
“Junte os seus familiares e amigos e venham ter uma noite diferente ao mesmo tempo,que fazem a diferença apoiando esta causa”, convida Cláudia Costa, porta-voz da UHDC, que há já 15 anos disponibiliza serviços de apoio a doentes oncológicos.
 
A responsável admite que, “com o passar do tempo, paralelamente à fragilidade económica que se sente em Portugal”, a UHDC se tem visto “cada vez mais apertada para conseguir dar resposta às suas despesas”, o que levou à promoção desta iniciativa.
 
“O êxito desta angariação de fundos é um passo fundamental para que a UHDC consiga continuar a ajudar milhares de doentes oncológicos”, acrescenta Cláudia Costa. 
 
O espetáculo, marcado para as 21.30h de sexta-feira e promovido em parceria com a ANS Eventos Musicais, vai contar com a atuação de vários fadistas nacionais, entre os quais Joana Amendoeira e Pedro Moutinho.
 
Em palco vão estar ainda Margarida Guerreiro, Cláudia Leal, Francisco Salvação Barreto, Cristiana Águas, Cristiano de Sousa, Rute Soares, Carla Arruda, Vicenta, Manuel Marçal, Sara Paixão, João Soeiro, Teresinha Landeiro, Diana Vilarinho e a fadista bósnia Maja Milinkovic. 
 
A acompanhar os fadistas estarão, na guitarra portuguesa, Pedro Ferreira, e, na viola de fado, Pedro Pinhal, estando a apresentação do evento a cargo de Inga Oliveira e de António Nunes dos Santos. 
 
O cancro é a segunda principal causa de morte em Portugal e a primeira no grupo etário entre os 35 e os 64 anos. Até 2020, prevê-se que as taxas de incidência de cancro possam aumentar cerca de 20%.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close