Sociedade

Lisboa celebra 25 de Abril com diversas atividades

Lisboa assinala o 41.º aniversário do 25 de Abril com diversas atividades culturais, desportivas e lúdicas. A inauguração do Museu do Aljube, a Corrida da Liberdade ou a Festa no Parque são alguns dos eventos em destaque.
Versão para impressão
Lisboa assinala o 41.º aniversário do 25 de Abril com diversas atividades culturais, desportivas e lúdicas. A inauguração do Museu do Aljube, a Corrida da Liberdade ou a Festa no Parque são alguns dos eventos em destaque.
 
Já no dia 23 é apresentado no Arquivo Municipal, às 18h30, o catálogo “O Arquivo Saiu à Rua”, no seguimento da exposição realizada nos 40 anos do 25 de Abril. 

Também nesse dia e no Arquivo Municipal é inaugurada, às 18h00, a exposição “A Revolução Está na Rua”, uma reportagem fotográfica feita por alunos do Ar.Co – Centro de Arte e Comunicação Social, a convite da Câmara de Lisboa, que integrou as comemorações do 40.º aniversário do 25 de Abril. A mostra ficará patente até 30 de maio. 
 
No dia 25, Há Festa no Parque promete um dia recheado de atividades com teatro, danças, yoga, zumba, marionetas, oficinas criativas, jogos tradicionais e pintura, entre outras. A partir das 10h30, no Parque Eduardo VII.

Ainda às 10h30 arranca de vários pontos da cidade a Corrida da Liberdade, um mar de gente a celebrar o desporto e a liberdade com meta nos Restauradores. 

A Quinta Pedagógica dos Olivais abre as suas portas com atividades para maiores de seis anos a partir das 11horas. E se de manhã o objetivo é conhecer a quinta e os seus animais, a partir das 15h o atelier “Da Tosquia à Lã” está disponível para crianças a partir dos três anos, que aí podem conhecer todas as fases por que passa a lã. As duas atividades são gratuitas mas carecem de inscrição prévia através do e-mail quinta.pedagogica@cm-lisboa.pt, ou do telefone 218 550 930.
 
A revolução de 1974 é também lembrada no grande ecrã e o Cinema Ideal oferece à população de Lisboa, no dia 25, ao meio-dia, uma sessão do filme “As Armas e o Povo”, com entrada gratuita.

O filme é um retrato dos dias vividos entre o 25 de Abril e o 1º de Maio de 1974, resultado do trabalho coletivo de um grupo de cineastas que então saíram à rua e filmaram tudo o que acontecida à sua volta (excerto do filme). Às 16h45 é projetado na mesma sala “Outro País” de Sérgio Tréfaut com um custo de cinco euros por bilhete e oferta do segundo.


Às 16h o teatro São Luíz apresenta o “Concerto Moderno”, uma orquestra de cordas formada por jovens instrumentistas da área de Lisboa que interpretam no dia 25 músicas de Lopes Graça e Eurico Carrapatoso. Com direção de César Viana e a participação especial da solista Carla Caramujo.

Às 19 horas, um momento há muito esperado na cidade que viu Abril nascer: a inauguração do Museu do Aljube – Resistência e Liberdade, dedicado à memória do combate à ditadura e da resistência em prol da liberdade e da democracia.
 

No dia 26 a Avenida da Liberdade volta a encher-se de animação com Ansac Day Celebration, um evento promovido pela Embaixada da Austrália junto ao monumento aos mortos da Primeira Grande Guerra, que pretende assinalar o centésimo aniversário dos desembarques na península de Gallipoli. A cerimónia tem início às 11 horas e é precedida de uma iniciativa da Banda do Exército às 10h45.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close