Ambiente

Lince espanhol detetado em Vila Nova de Milfontes

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) anunciou esta sexta-feira que foi detetado na zona de Vila Nova de Mil Fontes um lince-ibérico, proveniente de Doana, Espanha.
Versão para impressão
O Instituto da Conservação  da Natureza e das Florestas (ICNF) anunciou esta sexta-feira que foi detetado na zona de Vila Nova de Mil Fontes um lince-ibérico, proveniente de Doana, Espanha.
 
“No passado dia 08 de maio a zona de caça associativa em Vila Nova de  Milfontes (litoral alentejano) obteve, com surpresa, imagens de um exemplar  de lince-ibérico fotografado durante a noite com uma máquina instalada num  cevadouro para javalis”, informa o ICNF, num comunicado enviado ao Boas Notícias. 
 
A notícia foi “imediatamente partilhada” com técnicos do ICNF, que,  através de um operacional do SEPNA (Serviço de Proteção da Natureza e do  Ambiente) e em conjunto deslocaram-se ao local para delinear uma estratégia  para obter mais informação sobre a espécie no local.

Com apoio do CAPMA (Junta de Andaluzia) e o equipamento da portuguesa Iberlinx  foram pesquisados novos indícios e instaladas novas câmaras no terreno, a fim de confirmar a “surpreendente ocorrência”. 

Animal em boas condições
 

No domingo passado, uma das câmaras captou uma nova imagem do animal, desta  vez diurna, o que permitiu uma observação clara do padrão da pelagem.

“Foi possível a identificação do animal pela equipa da Andaluzia do  projeto Iberlince como sendo Hongo, um macho nascido em Aznalcar em 2011, e que tinha sido localizado pela última vez em Doana a 16 de outubro de  2012”, acrescentou o comunicado.  
 

Após o seu nascimento, o Lince foi marcado com um colar emissor VHF, contudo, segundo o comunicado do ICNF,  poderá já não estar em funcionamento. O animal aparenta estar em boa condição física e terá encontrado nesta  zona de caça condições adequadas de tranquilidade e alimento.
 
Lince prova que Portugal tem “capacidade de suporte da espécie”
 
O lince-ibérico detetado em Vila Nova de Milfontes proveniente de Espanha revela que Portugal “continua a ser um território com capacidade de suporte” desta espécie, destacou Lurdes Carvalho, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, citada pela Lusa.
 
Lurdes Carvalho sublinhou também que “este lince mostrou que muitas barreiras são transponíveis”, porque “terá atravessado estradas e autoestradas e deve tê-lo feito pelas passagens devidas”.

Notícia sugerida por Carla Neves

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close