Mundo

Líbia: Alimentos distribuídos por 50 mil pessoas

Esta terça-feira, o Programa Alimentar Mundial (PAM) anunciou a abertura de um corredor de ajuda humanitária na região oeste da Líbia. Desta forma, será possível chegar a algumas das zonas mais atingidas pelo
Versão para impressão
Segundo um comunicado da organização, "uma caravana de oito camiões com 240 toneladas de farinha de trigo e 9,1 toneladas de biscoitos energéticos, que permitem alimentar 50 mil pessoas durante 30 dias, atravessou na segunda-feira a fronteira tunisina em Ras Jdir para entrar no oeste da Líbia".

Os alimentos serão distribuídos pela população afetada – sobretudo mulheres e crianças – através da associação Crescente Vermelho, parceira do PAM na Líbia, nas cidades de Tripoli, Zintan, Yefrin, Nalut, Mezda, Al Reiba e Al Zawia.

O corredor de ajuda humanitária será depois utilizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para o transporte de equipamento médico de primeira necessidade.

Nos últimos dias, cerca de 10 mil líbios fugiram das montanhas no oeste do país para se refugiarem no sul da Tunísia, nos arredores de Dehiba e Remada, indicam os dados do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados.

Mais de 100 pessoas foram mortas em apenas 48 horas em Nalout e Yefren, duas cidades situadas no sudoeste da capital líbia, devido a bombardeamentos das forças apoiantes de Muammar Kadhafi.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close