Mundo

Libertação de Aung San Suu Kyi está “iminente”

A libertação da Nobel da Paz e ícone da oposição birmanesa Aung San Suu kyi deverá estar para breve, conforme anunciaram fontes oficiais à AFP. A pena de 18 meses de prisão domiciliária que a prémio Nobel da Paz estava a cumprir termina no próximo sá
Versão para impressão
A libertação da Nobel da Paz e ícone da oposição birmanesa Aung San Suu kyi deverá estar para breve, conforme anunciaram fontes oficiais à AFP. A pena de 18 meses de prisão domiciliária que a prémio Nobel da Paz estava a cumprir termina no próximo sábado.

“Ainda não recebemos as instruções dos responsáveis superiores para a libertar mas estamos a preparar o plano de segurança para o fazer a 13 de novembro”, indicou sob anonimato fonte dos serviços de segurança, citada pela agência noticiosa francesa AFP.

A icónica líder da oposição estava prestes a ser libertada, em maio de 2009, quando terminava um termo de detenção domiciliária iniciado seis anos antes, mas acabou condenada a uma nova pena depois de um norte-americano ter entrado e pernoitado na casa onde Suu Kyi se encontrava sob vigilância da Junta Militar.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close